PRESTES A PASSAR POR REVITALIZAÇÃO, FORTE DE PAU AMARELO É VISTORIADO PELA SUPERINTENDÊNCIA DO IPHAN

A Prefeitura do Paulista segue empenhada em revitalizar o Forte de Pau Amarelo. Para avançar no projeto que prevê a reforma desta construção emblemática, erguida em 1719, a equipe da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura recebeu, nesta quarta-feira (13), a superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), para vistoriar o local.

Desde 2016 que a prefeitura do Paulista luta para aprovar um projeto de requalificação do Forte. A ideia inicial da gestão municipal era utilizar o dinheiro da emenda para renovar o gradil da construção, porém, após esta visita, foi constatada a necessidade de direcionar a verba para revitalização do telhado e pintura do Forte. Os recursos para esta reforma foi captada pela gestão, através de emenda parlamentar de R$ 360.000,00 (Trezentos e sessenta mil reais) do deputado federal Daniel Coelho.

Na sequência, a prefeitura solicitou que a equipe do IPHAN aprove as novas plantas que foram apresentadas pela equipe da Secretaria Municipal de Infraestrutura para que o recurso seja liberado e as obras de requalificação iniciem.

Foto: Carolina Souza

Imprensa Paulista

Leia Mais



PL de integridade aproxima Governo do Estado e iniciativa privada

No intuito de estreitar a relação do Governo do Estado com a iniciativa privada, em virtude do Projeto de Lei (PL) 446/2019 – que exige das empresas que contratarem com a administração pública do Estado a implementação de um Programa de Integridade na organização, a secretária da Controladoria-Geral do Estado (SCGE), Érika Lacet, esteve reunida com o diretor-presidente do Sistema Fiepe, Ricardo Essinger, na tarde da última terça-feira, 12 de novembro. Durante o encontro, ela fez a apresentação do projeto e colocou a SCGE à disposição da entidade para a realização de parcerias no sentido de esclarecer às empresas as novas regras das contratações públicas no âmbito do Estado de Pernambuco.

“Essa ainda é uma área nova, da qual as empresas estão começando a entender e se inserir. A ideia é nos aproximarmos da iniciativa privada para ajudar nesse processo de mudança de cultura e governança. Para isso, estamos propondo um trabalho de cooperação entre o Governo do Estado e o Sistema Fiepe com a intenção de promover iniciativas que auxiliem a divulgação da lei e a melhor forma de capacitação dessas organizações”, pontuou a secretária.

A proposta foi recebida com entusiasmo pelo diretor-presidente do sistema. Para ele, quem deve sair ganhando com essa parceria é a população, que terá uma administração pública ainda mais transparente e eficiente. “A falta de integridade causa um prejuízo generalizado, que termina atingindo de forma negativa a sociedade. A tendência é que, com a provação desse PL, as empresas possam ter um olhar mais efetivo sobre a questão do combate à corrupção, especialmente nas áreas de obras públicas”, avaliou.

Atualmente, o Projeto de Lei está em fase de votação no Plenário da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Ainda na terça-feira (12) ele foi aprovado por unanimidade em primeira discussão e a previsão é que a decisão final saia na próxima semana. Com a sua validação pelos deputados estaduais, o projeto segue para sanção do governador Paulo Câmara. “Estamos nos antecipando nessa conversa porque sabemos que a implementação de um programa de integridade demanda tempo e dedicação e entendemos que uma parceria entre a SCGE e a Fiepe irá apoiar às empresas nessa inciativa. Esperamos, em breve, divulgar ações em conjunto para o ano de 2020, período que as empresas terão para começar o processo de adaptação ao programa de integridade”, adiantou Érika Lacet.

Ainda participaram da reunião na sede do Sistema Fiepe, no bairro de Santo Amaro, no Recife, o diretor de Correição da SCGE, Filipe Castro, o advogado do sistema, José Joaquim, e Roger Bold, do setor jurídico da entidade.

Assessoria de Comunicação
Secretaria da Controladoria-Geral do Estado (SCGE)

Leia Mais



Olinda Mais Lazer promove várias atividades no feriado de 15 de novembro

A edição será na orla de Bairro Novo

Feriado prolongado, previsão de sol e muitas atividades de entretenimento e saúde. Pela primeira vez em uma sexta-feira, o Olinda Mais Lazer promete trazer diversas atividades para a população em uma manhã especial. A ação do Dia da Proclamação da República terá como tema o “Novembro azul escuro: saúde do homem e mês da Consciência Negra”. Será na orla de Bairro Novo, na altura da Praça Duque de Caxias, a famosa Praça do Quartel, das 6h30 às 12h.

O Olinda Mais Lazer receberá os Jogos de Verão das academias do Bairro, capoeira, aulão de ritmos, recreação, serviços de saúde e muito mais. O projeto foi implantado na gestão do Prefeito de Olinda, Professor Lupércio, e vem percorrendo vários bairros da cidade.

Comunicação Olinda

Leia Mais



Novembro Azul alerta sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata

Um caso é identificado a cada sete minutos e a cada 40 minutos é registrado um óbito pela doença

 

O mês de novembro é marcado pelo movimento de conscientização Novembro Azul. O objetivo é reforçar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), no Brasil, esse tipo é o segundo mais comum entre os homens, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma. 25% dos portadores do câncer vem a óbito devido à doença e 95% dos tumores de próstata já se encontram na fase avançada.

A próstata é uma glândula que só o homem possui. É um órgão pequeno e se situa logo abaixo da bexiga e à frente do reto. Envolve a porção inicial da uretra, tubo pelo qual a urina armazenada na bexiga é eliminada. O órgão também é responsável pela produção de parte do sêmen, líquido espesso que contém os espermatozoides.

“Em estágios iniciais, o câncer de próstata, via de regra, não apresenta qualquer sintoma. Por essa razão, que mesmo aquele indivíduo assintomático deve procurar o urologista anualmente”, alerta Dr. Guilherme Lima, urologista do Hospital Santa Joana Recife. Quando os sintomas começam a se apresentar, geralmente, a doença já está em estágio avançado. “Os sinais podem ser dificuldade para urinar, dor óssea e até insuficiência renal por obstrução das vias urinárias”, completa o especialista.

A doença pode ser confirmada através dos exames PSA e toque retal. O primeiro é a sigla para Prostate-Specific Antigens, ou antígenos específicos da próstata, em português. Esse é feito para detectar de forma precoce a doença. O segundo é realizado para complementar o diagnóstico. Caso haja alguma suspeita, o indivíduo deve ser encaminhado para a biópsia, exame feito pelo meio de ultrassonografia transretal da próstata.

É importante chamar atenção para os fatores de risco, que são idade, raça negra, obesidade e histórico familiar. Os hábitos alimentares, como por exemplo, o consumo excessivo de gordura animal também conta como condição. “É essencial que os homens assintomáticos façam o exame a partir dos 50 anos. Para aqueles que possuem histórico na família, é negro ou está acima do peso, o exame deve ser feito aos 45 anos”, explica Dr. Guilherme.

O tratamento depende do estágio no qual a doença é diagnosticada. “Nas fases iniciais, o objetivo do tratamento é a cura, que pode ser alcançada através de braquiterapia, radioterapia, e mais comumente por meio de cirurgia. Atualmente, já disponibilizamos das técnicas mais modernas de cirurgia como a prostatectomia radical robótica”, analisa o urologista do Hospital Santa Joana Recife. Esse tipo de operação é um dos avanços tecnológicos, que proporciona melhoria na precisão cirúrgica e maior controle de movimentos durante a operação. A evolução tecnológica sempre teve um grande impacto no desenvolvimento das cirurgias minimamente invasivas. O uso desse método oferece diversas vantagens quando comparado com as cirurgias tradicionais, como a visualização da imagem em alta definição e em 3D. Além disso, o uso do robô permite melhor detalhamento dos planos anatômicos, realização de pequenas incisões e melhor ergonomia para o cirurgião.

Os robôs utilizados no Hospital Santa Joana Recife são do modelo Da Vinci Si HD. Desenvolvidos nos Estados Unidos, os dispositivos foram importados para o Brasil, onde os médicos passaram por treinamento com profissionais americanos, garantindo o manuseio eficiente. O robô possui quatro braços, sendo que um deles é equipado com uma câmera enquanto os outros ficam livres para manusear equipamentos de cirurgia como bisturis, tesouras e pinças.

Após quatro anos de programa de cirurgia robótica, o grupo de urologia do Hospital Santa Joana já realizou aproximadamente 800 cirurgias. E antes reservada apenas para os casos de câncer de próstata, hoje, existe indicações do uso do robô para tratamento do câncer renal, adrenal, bexiga e até mesmo em cirurgias reconstrutivas. No caso da cirurgia de próstata, o uso do robô é o mais indicado pelos médicos e possibilita mais conforto aos pacientes. “A técnica permite um retorno mais precoce às atividades físicas, menor tempo de hospitalização e menor perda de sangue. Especificamente, quando falamos em prostatectomia radical, o auxílio do robô pode permitir melhores resultados funcionais como melhor recuperação da potência sexual e da continência urinária”, afirma o urologista.

Dr. Guilherme Lima comenta, ainda, sobre a importância em deixar o preconceito de lado e buscar cuidar da saúde. “Todo homem com idade elegível deve fazer seu check up anual com a finalidade de se tentar uma detecção precoce do câncer de próstata. Com isso, consequentemente, há um aumento na chance de cura nos casos positivos. O toque retal é um exame essencial, simples, rápido e, sobretudo, indolor, que pode ajudar muito o urologista no diagnóstico da doença”, conclui.

Dupla Comunicação

Leia Mais



DIVULGAÇÃO RESULTADOFINAL DO PIB 2017 E COMEMORAÇÃO DE 20 ANOS DO SISTEMA DE CONTAS NACIONAIS

A Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco – Condepe/Fidem divulga nesta quinta-feira (14), a partir das 10 horas, o resultado final do Produto Interno Bruto (PIB) do ano de 2017. O evento ocorrerá simultaneamente entre o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e os demais estados da federação, que tem o convênio com a entidade integrando o Sistema de Contas Regionais do Brasil – SCR. Este fornece as estimativas do PIB de cada Unidade da Federação, pelas óticas da produção e da renda, coerentes, comparáveis entre si e compatíveis com os resultados do Sistema de Contas Nacionais – SCN.

A Condepe/Fidem, além dos números do ano de 2017, apresentará um balanço retratando a economia pernambucana ao longo destes anos de vigência do sistema. Já o IBGE divulgará nacionalmente os resultados de todos os estados da Federação para o mesmo ano. A divulgação do levantamento marcará as comemorações dos 20 anos de divulgação do SCR.

SERVIÇO                                                                  

Data – 14.11.2019

Horário – 10 horas

Local – Auditório da Agência Condepe/Fidem – rua das Ninfas 65 na Boa Vista

Agência Condepe/Fidem

Leia Mais