Covid-19: MPF consegue decisão que suspende eleições presenciais do Sistema Confea/Crea

Foi definida aplicação de multa, no valor de R$ 100 mil, em caso de descumprimento da determinação judicial
O Ministério Público Federal (MPF) em Pernambuco (PE) obteve decisão judicial, em caráter liminar, que impede o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) e o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea/PE) de realizarem eleições presenciais no estado para cargos de direção dessas entidades. O caso é de responsabilidade da procuradora da República Mona Lisa Duarte Aziz.
Em plenária virtual realizada em maio, o Confea definiu o dia 15 de julho para realização de eleições gerais de presidentes do Confea e dos Creas, Conselheiros Federais nos estados da Bahia, Tocantins, Maranhão, Paraná e Rio Grande do Sul, bem como de suplentes, diretores-gerais e diretores-administrativos das Caixas de Assistência dos Profissionais do Crea. Para o MPF, evento presencial de categoria que reúne uma das maiores massas de bacharéis no país é contrário ao esforço nacional para contenção do novo coronavírus, colocando em risco os participantes e, em razão do alto grau de contágio, seus familiares e a sociedade em geral.
A Justiça também atendeu o pedido do MPF para aplicação de multa, no valor de R$ 100 mil, em caso de descumprimento da decisão. O Crea/PE deverá ainda promover ampla divulgação da liminar em seu site na internet, para conhecimento público de todos os seus funcionários e profissionais registrados no conselho e, em especial, dos candidatos, que deverão ser informados também por ofício.
A procuradora da República havia requisitado informações a respeito do motivo da promoção de eleições presenciais em vez de virtuais, diante da situação de emergência de saúde pública ainda em vigência no país, mas não teve retorno do Confea. O Crea/PE demonstrou inicialmente preocupação com o risco de contaminação, informando ter enviado ofício ao Confea pedindo o adiamento da data eleição, anteriormente marcada para 3 de junho. Mas posteriormente acatou a remarcação do pleito presencial para 15 de julho.
Na ação, o MPF questionou o porquê de as eleições do Sistema Confea/Crea não poderem ser adiadas ou realizadas de forma virtual, já que “a realização das eleições municipais, com data estipulada na Constituição Federal, curvou-se à força da pandemia, aos 1.252 mortos do dia da decisão do Congresso Nacional e à tragédia de 61.884 óbitos de covid-19 acumulados no Brasil de 26 de fevereiro a 2 julho”. Para a procuradora da República, “o natural e correto receio de contágio dos eleitores do Confea e do Crea no comparecimento presencial às urnas pode levar ao esvaziamento do pleito, tornando controversa a legitimidade dessas eleições”.
Cédulas de papel – No âmbito do Crea-PE, a votação seria manual, já que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) não cedeu as urnas eletrônicas, possivelmente devido a medidas de controle da pandemia, já que o órgão está atuando em regime de teletrabalho. Seria necessário, então, o uso de urnas convencionais e cédulas em papel, manuseadas posteriormente por mesários e escrutinadores para contagem dos votos, o que vai de encontro a todas as normas sanitárias de higiene e prevenção do contágio da doença.
Processo nº 0811401 – 15.2020.4.05.8300 – 5ª Vara da Justiça Federal em PE
Qualquer cidadão pode acionar o MPF. Para fazer uma representação via internet, clique aqui.

Leia Mais

Pernambuco-Bahia

Por Lenivaldo Aragão-@lenivaldo­_aragao/www.blogdelenivaldoaragao.com.br

Em 1928 a Liga Pernambucana de Desportos Terrestres não deixou a delegação estadual disputar o Campeonato Brasileiro. Os dirigentes locais não admitiam que a chave do Nordeste fosse disputada sempre em Salvador, favorecendo o escrete da Bahia. A briga logo deu resultados. No ano seguinte, a Confederação Brasileira de Desportos fez do Recife a sede do Nordeste na competição. Pernambuco, que era treinado pelo uruguaio Carlos Viola, jogou com a Paraíba e venceu por 7×2, na Avenida Malaquias. Em seguida, 27 de outubro, novamente na Avenida Malaquias, jogou contra o Ceará e venceu por 1 a 0. Os resultados classificaram a seleção local, portanto, para jogar a fase semifinal contra a temida equipe do Rio de Janeiro. (…) A base da seleção de Pernambuco naquele ano foi: Valença; Pedro Sá e Hermínio; Julinho, Sebastião e Faustino; Bulhões, Jubal, Hermes, Zezé e Aluízio. (Jubal, o homem da Pitombeira dos Quatro Cantos, formavam a dupla Irmãos Caldas). Não sei se na época já existia o ditado “quem não chora não mama”, mas a prática foi esta.  (Foto e texto: reprodução do PE IMORTAL/ESPORTES, do Jornal do Commercio, edição de 19/07/2004)

Leia Mais

Livro infantil Dentro de Casa, de Bruna Lubambo

“Uma casa que virou mundo”: olhar de criança sobre a quarentena inspira livro infantil em Belo Horizonte
 
Dentro-de-casa-300x270.jpg

Escrito e ilustrado por Bruna Lubambo e publicado pela editora Aletria, “Dentro de Casa” também tem versão e-pub com trilha sonora de Zé Henrique Soares, músico da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais

Belo Horizonte, junho de 2020 –  “Escrevi esse livro porque como mãe me sentia triste por não poder deixar meu menino brincar na rua, na terra, com os coleguinhas por causa da quarentena. Mas descobri que ele via tudo muito diferente e nossa casa acabou virando um mundo”, explica Bruna Lubambo, autora do livro “Dentro de Casa”, que será lançado no dia 11 de julho, pela Editora Aletria. A obra nos apresenta o olhar sensível de criança sobre a experiência do isolamento social na pandemia, a partir da história de um menino que viu sua casa abrigar lagoas, montanhas, pomares e muitas aventuras.

O livro foi produzido como o título diz: dentro de casa. Isso porque, além de escrever a história, Bruna também ilustrou a obra ali mesmo na sala de casa, utilizando tinta acrílica e giz. Ela mora com o marido e o filho em Belo Horizonte e foi nesse mesmo espaço que a obra também ganhou trilha sonora para a versão do e-pub.

A criação é do marido de Bruna, o músico Zé Henrique Soares, que faz parte da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais. Em um quarto-estúdio ele gravou a trilha com instrumentos como marimba, caixa clara, tom-tom, vibrafone, chocalhos e apitos.

O menino protagonista de “Dentro de Casa” conquista o leitor ao contar sua própria história sobre uma “coisa muita estranha” que aconteceu em sua casa. Ele nos convida a passear pelos cômodos e, junto com ele, passamos a ver lagoa no lugar do banheiro, montanha onde era quarto e um grande pomar na cozinha.

Bruna destaca que a ideia do livro não é dizer aos pais que eles precisam “transformar a quarentena numa grande aventura dentro de casa”. É uma obra sobre a generosidade das crianças com as pequenas coisas. “Elas olham de perto, param por um instante, desmontam, inventam e escutam. O tamanho das coisas vem da intimidade que temos com elas, já diria Manoel de Barros. É como acontece com o amor. Mas a verdade é que quem costuma fazer isso são as crianças e nós somos convidados a acompanhá-las”, afirma.

A editora da Aletria, Rosana de Mont’Alverne, afirma que a obra é uma oportunidade para um respiro mais esperançoso em meio a um cenário tão conturbado e um convite à imaginação e à criatividade. “Dentro de Casa é sobre o olhar de uma criança, mas que também pode ser o nosso: é possível enxergar novas formas de viver mesmo quando as portas estão bem fechadas”, diz.

O livro será lançado online em uma série de eventos, como entrevistas e oficinas, que começam no dia 9 de julho, nas redes sociais da Editora Aletria. O lançamento oficial será no dia 11 de julho no perfil de Instagram da contadora de histórias @marianebigio.

Serviço

Livro: Dentro de Casa
Editora: Aletria
Autora: Bruna Lubambo
Trilha Sonora:  Zé Henrique Soares
Animação: Luiz Máximo
Lançamento: 11 de julho nos perfis de Instagram da contadora de histórias @marianebigio e da @aletriaeditora.

Leia Mais

Nos Bastidores da Política

Do Blog do jornalista Fernando Machado

O discurso nacionalista do presidente americano Donald Trump tem chamado à atenção dos eleitores. Restrições imigratórias para proteger os empregos dos norte-americanos deve influenciar os eleitores, aposta o economista e analista político brasileiro que atua há mais de 30 anos no EUA, e preside da Consultoria Oxford Group, Carlo Barbieri. Ele acredita que os norte-americanos não querem mudança política neste momento de crise.

Os empréstimos para capital de giro aprovados no âmbito da Linha BNDES Crédito Pequenas Empresas, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico (BNDES), alcançaram os R$ 5 bilhões que foram disponibilizados como uma das primeiras ações do Banco de apoio ao enfrentamento dos efeitos econômicos da pandemia do coronavírus. Devido ao sucesso da iniciativa, e considerando a extensão da pandemia e dos impactos econômicos para as micro, pequenas e médias empresas, o Banco vai disponibilizar mais R$ 5 bilhões para novos empréstimos pela linha, que terá sua vigência ampliada de 30.09.2020 para 31.12.2020.

Devido à pandemia do coronavírus, o Metrô do Recife adotou, desde o dia 21 de março, horários reduzidos de circulação dos trens das linhas Centro e Sul, além de interromper a operação na linha diesel (VLT). Neste período, houve uma diminuição intensa dos passageiros transportados, chegando a 76% de redução em 31 de março em relação ao dia 09 de março, primeiro dia útil após o aumento da tarifa (que ocorreu em 07/03) e quando a Covid-19 ainda não estava tão presente. Além do número de usuários, outro dado também sofreu redução: a quantidade de resíduos recolhidos no sistema. Entre os meses de março a maio deste ano, foram recolhidas 38,4 toneladas, 73,65% a menos que o total recolhido no mesmo período em 2019, de 145,7 toneladas.

Leia Mais

Sesc e Comando Militar do Nordeste capacitam instituições para desinfecção de espaços

O treinamento segue normas legais e todos os protocolos de segurança sanitária

Como reforço na atuação de enfrentamento à pandemia do Coronavírus, o Sesc Pernambuco vai capacitar agentes multiplicadores para desinfecção de espaços públicos. A iniciativa é realizada em parceria com Comando Militar do Nordeste, por meio do Comando Conjunto Nordeste, consiste em aulas teóricas e práticas, que vão acontecer, gratuitamente, nas unidades do Sesc de Casa Amarela e Santo Amaro, dias 21, 22 e 23 deste mês. São 60 vagas.

A formação é direcionada exclusivamente a instituições públicas da Região Metropolitana do Recife, que podem indicar apenas um representante para participar e este será responsável para repassar o conhecimento adquirido para os demais da organização. Além de difundir as boas práticas de prevenção contra a Covid-19, a capacitação integra o compromisso do Sesc de contribuir com uma melhor qualidade de vida dos pernambucanos e cumprir a legislação e as recomendações das autoridades sanitárias.

São seis turmas, divididas nos turnos da manhã e tarde. Cada uma delas composta por 10 integrantes, respeitando os protocolos sanitários. O treinamento completo tem quatro horas/aula, todas presenciais, somando o conteúdo teórico e prático. Para participar, o representante não deve ter comorbidades nem alergias, e estar com bota de pvc. Lá, ele receberá os demais equipamentos de proteção individual.

A condução do treinamento será feita por militares do exército, especialistas no assunto. Nos dias 21 e 22, as aulas acontecem no Sesc Casa Amarela, das 9h às 12h e das 14h às 17h. Já no dia 23, ocorrerão no Sesc de Santo Amaro, no mesmo horário. As inscrições são realizadas por meio do link: https://docs.google.com/forms/d/137OEdAFXeRYEsp0GAJzEoEsmLMa_DESxrD8wUQW_PGg/edit.

Sesc – O Serviço Social do Comércio, seguindo as orientações de isolamento social determinadas pelo Governo de Pernambuco, em razão da pandemia do novo coronavírus, está realizando seus trabalhos em regime home office. Ações das cinco áreas fins da instituição (Educação, Cultura, Lazer, Assistência e Saúde) estão sendo realizadas com o auxílio de plataformas digitais, que contribuem para que a interação não seja interrompida. Aulas gratuitas de Pré-Enem e cultura, além do conteúdo da Educação Infantil e Ensino Fundamental estão sendo transmitidos à distância, assim como dicas de leitura, atividades físicas, brincadeiras e jogos. Profissionais da saúde estão repassando informações educativas de prevenção e combate ao Covid-19 para o público infantil, jovem, adulto e idoso. Ao mesmo tempo, o Banco de Alimentos da instituição está em campanha, em todo o estado, para arrecadar cestas básicas, alimentos não-perecíveis e produtos de limpeza e itens de higiene. Para conhecer mais sobre o Sesc e saber de novas decisões e determinações neste período de quarentena, acesse www.sescpe.org.br.

Serviço: Treinamento de agentes de desinfecção

Data:  21 e 22 de julho – Sesc Casa Amarela | 23 de julho – Sesc Santo Amaro

Horário: 9h às 12h e 14h às 17h

Inscrições: https://docs.google.com/forms/d/137OEdAFXeRYEsp0GAJzEoEsmLMa_DESxrD8wUQW_PGg/edit

Leia Mais