Prefeitura do Recife entrega 3 novos Espaços Mãe Coruja na Semana do Bebê

AbRede de Espaços do Programa Mãe Coruja Recife chega a 13 unidades e já atendeu mais de 10 mil mulheres e mais de sete mil crianças foram beneficiadas

 

Carinho, atenção, afeto e cuidado. Estes são os pilares que norteiam os Espaços Mães Coruja, criados para acolher e fortalecer os vínculos entre mãe, bebê e família. No ensejo da 5ª Semana do Bebê do Recife, o prefeito Geraldo Julio e a primeira-dama Cristina Mello inauguraram, nesta quarta-feira (22), o 13º espaço de acolhimento do Mãe Coruja, que vai funcionar na Unidade de Saúde da Família Bernard Van Leer, em Brasília Teimosa. Esta semana, a Prefeitura entregou outros dois espaços – na Upinha Emocy Krause, na comunidade Vila Santa Luzia (Torre) e na Upinha ACS Maria Rita, no Córrego do Euclides (Alto José Bonifácio). De 2014, ano da criação do Mãe Coruja Recife, até hoje já foram atendidas mais de 10 mil mães e 7 mil bebês foram acompanhados.

img_alt

O prefeito Geraldo Julio ressaltou a importância do investimento na primeira infância para o desenvolvimento das crianças e na formação dos futuros cidadãos. “Em Brasília Teimosa, a gente chega para abrir esse espaço, atender e dar esse acolhimento especial a essas mães. E fazemos isso em um tempo muito especial, que é o momento da gestação, do nascimento e, sobretudo, a primeira infância. O estímulo ao desenvolvimento neste período é muito importante e a Semana do Bebê reúne mais de mil ações em toda a cidade e queremos chamar ainda mais atenção sobre esse tema. Estimular o desenvolvimento da criança é o que pode haver de mais importante para crescer um cidadão pronto para essa sociedade”, afirmou o prefeito.

O secretário de saúde do Recife, Jailson Correia, lembrou do forte papel de combate à mortalidade infantil alcançado com os Espaços Mãe Coruja. “Os dez espaços que já tínhamos têm feito um trabalho importante, inclusive a diminuir os índices de mortalidade infantil na nossa cidade. Além disso, vamos uma transformação positiva na vida das mulheres e famílias que participam do programa. E, essa semana, com muita alegria tivemos três novos espaços inaugurados. Isso permite que esse apoio chegue às famílias e, desde o início da gravidez, as mulheres frequentem a unidade de saúde, façam suas consultas pré-natal e exames de forma adequada. Isso garante um bom nascimento para o bebê e um bom cuidado após o nascimento”, detalhou Jailson.

Os Espaços Mãe Coruja funcionam de segunda a sexta-feira, nos horários da manhã e da tarde. Segundo a coordenadora municipal do Mãe Coruja Recife, Cláudia Soares, conta que para participar do programa é necessário estar gestante, morar no bairro de cobertura que o programa atende e fazer o pré-natal no SUS. “Os locais são escolhidos com base em critérios epidemiológicos e de vulnerabilidade social. Nesses três novos espaços, serão atendidas, em média, 800 gestantes”, afirmou ela.

Cada um dos três novos Espaços Mãe Coruja conta com duas técnicas do programa, que podem ser duas enfermeiras ou uma enfermeira e uma assistente social. As mulheres serão cadastradas no sistema de informação do Programa Mãe Coruja Recife e terão acompanhamento mensal da gestação, culminando com o parto e nascimento da criança, que será assistida até antes de completarem 6 anos.

Grávida do primeiro filho, Raquel da Silva Soares, 18 anos, acredita que o Espaço Mãe Coruja é importante, porque ajuda na busca de informações sobre a maternidade. “Acho uma boa iniciativa, porque envolve mais as mães e também é uma oportunidade para conhecer outras mulheres que estão prestes a ter os bebês. Assim, vamos formando aquele círculo de amizade e apoio”, contou ela.

Requalificada em 2013, a USF Bernard Van Leer ganhou agora uma repaginada na fachada. O projeto Colorindo o Recife pintou um painel nos muros no espaço, com temas voltados para a primeira infância.

 

Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR

Otávio Batista

Gerente Geral de Relações com a Imprensa

Leia Mais

Prefeitura do Jaboatão recebe prêmio por resgatar jovens do trabalho infantil

A Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes foi a única em Pernambuco a receber o certificado “Empresas/Entidades que contribuem para proteger, promover e profissionalizar adolescentes e jovens egressos do trabalho infantil em Pernambuco no ano de 2018 – Empresas/Entidades PRO”, concedido pela Superintendência Regional do Trabalho em Pernambuco (SRTb/PE). A cerimônia de diplomação, aconteceu nesta quarta-feira (22), na sede da Superintendência.

O certificado do órgão ligado ao Ministério da Economia é um reconhecimento às entidades e empresas que contratam ou preparam jovens vítimas da exploração infantil. Além de ter adolescentes em seus quadros, a Prefeitura de Jaboatão tem o programa Jovem Aprendiz, que promove cursos de aperfeiçoamento de mão de obra e faz encaminhamentos para as empresas privadas.

 

Mais de 700 jovens já passaram por capacitação nos projetos desenvolvidos pela Prefeitura. O prefeito Anderson Ferreira, inclusive, assinou decreto estabelecendo que, pelo menos, 10% das vagas dos cursos sejam preenchidas por jovens em situação de vulnerabilidade.

O prefeito Anderson Ferreira disse ser uma honra receber o certificado, pois uma das prioridades da gestão é criar oportunidades para a juventude jaboatonense. “Transformar a vida das pessoas é um compromisso da nossa gestão. Esse reconhecimento da Superintendência Regional do Trabalho é um estímulo para que façamos muito mais. O nosso futuro pertence aos jovens, por isso devemos apontar caminhos e criar oportunidades. Me sinto gratificado com os resultados que já alcançamos, mas isso não significa que vamos nos acomodar. Queremos garantir que mais jovens estejam preparados para o trabalho e para o futuro”, ressaltou o gestor.

A Aprendizagem Profissional, prevista na CLT, estabelece que todas as empresas de médio e grande porte contratem um número de aprendizes equivalente a um mínimo de 5% e um máximo de 15% do seu quadro de funcionários, cujas funções demandem formação profissional. Podem ser aprendizes os jovens de 14 a 24 anos (sem limite máximo para as pessoas com deficiência), que, estudando ou tendo concluído o ensino médio, sejam contratados por uma empresa e matriculados em programa de aprendizagem desenvolvido por entidade formadora ou pelo Sistema S.

Foto: Chico Bezerra/PJG

Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes

Leia Mais

Silvio Costa Filho é escolhido para relatar PEC que destina recursos para estados e municípios

O deputado federal Silvio Costa Filho (PRB), foi escolhido para ser relator da proposta de Emenda à Constituição 48/2019 que trata da transferência de recursos federais a Estados, ao Distrito Federal e a municípios mediante emendas ao Projeto de Lei do Orçamento Anual. O objetivo do projeto é possibilitar que emendas individuais possam aportar recursos diretamente ao Fundo de Participação dos Municípios, sem que haja a necessidade de passar pela Caixa Econômica Federal. Segundo a proposta, a ideia é aprimorar e desburocratizar a execução das emendas parlamentares e, além disso, sanar as dificuldades fiscais dos municípios

Segundo o parlamentar, “a proposta é uma forma de poder encaminhar mais recursos e investimentos para os estados e municípios do país, que estão em crise fiscal. Com a proposta, a alocação direta de recursos aos fundos de participação, vai dar maior agilidade na transferência dos valores”, pontuou.

Ainda de acordo com o texto, a prestação de contas da aplicação dos recursos será feita de acordo com os procedimentos adotados pelos Tribunais de Contas. “Para se ter uma ideia, em 2017 o Governo Federal pagou 57% a menos do que deveria das emendas, Já em 2018, 17% não foi pago, o que representa mais de R$1,4 bilhão. Acredito que o projeto vai dar celeridade à execução orçamentária para que os recursos possam chegar nos municípios, animando a economia, gerando emprego e renda”, destacou.

Com objetivo de discutir a destinação de emendas individuais, o Pacto Federativo e o Fundeb, Costa Filho participou nesta quarta-feira (22), de uma reunião na Confederação Nacional de Municípios (CNM), ao lado de representantes dos municípios do Brasil, da Frente Parlamentar do Novo Pacto Federativo e da Frente Parlamentar em Defesa dos Municípios.

Para Glademir Aroldi, presidente da CNM, a proposta vai atender uma necessidade de municípios de todo país. “Essa PEC é totalmente importante porque simplifica a transferência das emendas parlamentares para os municípios. O parlamentar vai indicar a emenda e o valor será depositado direto na conta das prefeituras para que elas executem a obra ou compre um equipamento que auxilie nos trabalhos na cidade. O deputado Silvio tem defendido os interesses dos municípios de todo o Brasil e é nesse sentido que eu entendo que o parecer dele vai ser favorável. Tenho certeza que a PEC vai atender as expectativas de prefeitos e prefeitas de todo o Brasil”, garantiu.

Comunicação SCF
 

Leia Mais

NOTA // Imóvel em Afogados

A Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Mobilidade e Controle Urbano, informa que o imóvel localizado na Rua Doutor Leônidas Cravo Gama, em Afogados, que desabou na tarde de hoje, é uma construção irregular e já foi notificado diversas vezes pela Diretoria Executiva de Controle Urbano (Dircon).

O SAMU 192 foi acionado às 17h16 e chegou ao local às 17h20. Foram mobilizadas sete ambulâncias, sendo duas UTIs móveis e oito motolâncias para o chamado. No local, fez o atendimento de 12 vítimas, com sete encaminhamentos para Unidades de Saúde de referência e cinco atendimentos no local. Um óbito foi confirmado.

Equipes da Secretaria Executiva de Defesa Civil (Sedec), da Guarda Municipal do Recife e da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) estão no local prestando apoio à operação.

Otávio Batista

Gerente Geral de Relações com a Imprensa

Leia Mais

Doriel Barros chama atenção para situação de trabalhadores da Usina Cucaú

A falta de pagamento de encargos trabalhistas para empregados e ex-empregados da Usina Cucaú, em Rio Formoso (Mata Sul), pode gerar uma crise social na região, alertou o deputado Doriel Barros (PT) no Pequeno Expediente desta quarta (22). A empresa está em recuperação judicial e, segundo o parlamentar, tem três mil demitidos que não receberam as verbas rescisórias, além de mil empregados sem salários há 60 dias.

“Nós solicitamos, em caráter de urgência, quatro mil cestas básicas à Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado, pois as famílias desses trabalhadores estão praticamente passando fome e o problema tem levado a uma situação de tensão na região”, relatou. Barros contou que está buscando diálogo entre a Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados Rurais de Pernambuco (Fetaepe), o Grupo Eduardo Queiroz Monteiro (proprietário da Usina Cucaú) e o Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool (Sindaçúcar).

“A articulação entre esses atores é importante, mas o que precisamos mesmo é de uma política de desenvolvimento na Zona da Mata. É uma região quem tem água e terras férteis, porém precisa de mais investimento dos governos Federal e Estadual para sair do mapa da dificuldade e da miséria”, avaliou o deputado.

Agrotóxicos – O petista aproveitou para solicitar que a Comissão de Meio Ambiente da Alepe faça audiência pública sobre a utilização de agrotóxicos na Zona da Mata pernambucana. “Recebemos a denúncia de que está sendo utilizado o sistema de pulverização aérea na região, o que vem trazendo uma série de problemas para as famílias que vivem nos assentamentos do entorno”, informou Barros. “Precisamos parar com esse processo de envenenamento do nosso povo.”

Leia Mais