Artistas apresentam resultado de residência artística na Colômbia

Com incentivo do Funcultura, o site reúne vídeo-depoimento, textos e imagens sobre pesquisa e criação artística dos artistas Iara Sales, Sérgio Andrade e Tonlin Cheng

Luna de Los Ríos/Divulgação

Luna de Los Ríos/Divulgação

No intercâmbio, os artistas produziram a performance Papas Like Me e a série Mientras Bailamos

Os artistas Iara Sales, Sérgio Andrade e Tonlin Cheng apresentam nesta semana os resultados do projeto Rehacer – 10 años después en Lugar a Dudas, desenvolvido durante residência artística na Fundação Lugar a Dudas, em Cali, Colômbia. O projeto contou com ações de pesquisa, criação artística e difusão tais como grupo de estudos e realização de workshop. Os registros são apresentados em vídeo-depoimento, textos e imagens acessíveis no site labcritica.com.br/rehacer-lad, a partir do próximo sábado, dia 26 de setembro. Os artistas são integrantes do Laboratório de Crítica (LabCrítica), laboratório de pesquisa e extensão da UFRJ, e contaram com o incentivo do Governo de Pernambuco, por meio dos recursos do Funcultura, para realização da residência.

Durante a residência artística na Colômbia, Iara Sales, Sérgio Andrade e Tonlin Cheng se encontraram com artistas locais de Cali e outros artistas residentes, investigando dança, performance, vídeo e instalação. Os estudos contaram com discussões sobre referências teóricas e experimentos de práticas corporais.

Na Fundação Lugar a Dudas, os artistas desenvolveram a performance Papas Like Me e a série Mientras Bailamos. Em Cali, os artistas ainda apresentaram o espetáculo PEBA como parte do projeto de Circulação América Latina, também com incentivo do Funcultura. A turnê de PEBA passou pelo Rio de Janeiro (Brasil), Montevideo (Uruguai), La Plata e Buenos Aires (Argentina).

Papas Like Me é um experimento de endurance performance de Tonlin Cheng que dialoga com os conceitos marxianos de trabalho e alienação laboral. O experimento é um recorte da investigação em videodança. Mientras Bailamos é uma série mixed-media e performance situada de Sérgio Andrade, criadas a partir de experiências e memórias coreográficas e contracoreográficas emergidas no contexto de neoliberalismo, neocolonialismo e neofascismo nas Américas.

RETORNO – O projeto Rehacer – 10 años después en Lugar a Dudas possibilitou o retorno dos artistas a Cali dez anos depois da primeira experiência na cidade, quando tiveram seus arquivos roubados no aeroporto. O material fazia parte do projeto de vídeo Ilesos, nos vemos ou nos vemos ilesos (2008), dirigido por Sérgio Andrade, com participação de mais de quinze artista de Cali. Partindo dessa experiência, os artistas retornaram a Colômbia dez anos depois para reativar memórias, re-trabalhar caminhos, re-performar danças.

ARTISTAS – Iara Sales é artista e pesquisadora da dança e da performance, produtora cultural e designer gráfico. Graduada em Licenciatura em Dança pela Escola de Dança da UFBA (2008) e em Design Gráfico pelo IFPE, com Especialização em Estudos Contemporâneos em Dança pela Escola de Dança da UFBA (2019). Integra o grupo de pesquisa do LabCrítica – Laboratório de Crítica do Departamento de Arte Corporal da UFRJ.

Sérgio Andrade é artista e pesquisador de dança, performance e filosofia. Professor do Departamento de Arte Corporal da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). É doutor e mestre em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), mestre em Artes Cênicas e licenciado em Dança pela Universidade Federal da Bahia. Desde 2012 coordena o Laboratório de Crítica, no qual realiza diversas ações de criação, formação, publicação, curadoria e intercâmbio artístico-acadêmico em dança e performance.

Tonlin Cheng é arquiteto, músico e performer. Graduado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE. Faz parte do grupo de pesquisa do LabCrítica – Laboratório de Crítica do Departamento de Arte Corporal da UFRJ. Tem experiência como produtor musical, arquiteto, músico/performer, vídeo artista, pesquisador, barista, sushiman, marceneiro, pedreiro, padeiro, cozinheiro, dentre todos os “eirós” um biscateiro.

Leia Mais

Desemprego em Pernambuco aumenta pelo quarto mês seguido

desemprego-em-pernambuco-aumenta-pelo-quarto-mes-seguido

setembro 23, 2020
G1 Pernambuco, Pernambuco Notícias, Últimas Notícias

Agência Brasil

Segundo dados da pesquisa PNAD Covid-19, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a taxa de desemprego em Pernambuco aumentou pelo quarto mês seguido. De acordo com o levantamento, 574 mil pessoas que já estavam desempregadas e buscaram ativamente um emprego, não obtiveram sucesso no mês passado.

Em maio, primeiro mês da pesquisa, 382 mil pessoas estavam nessa situação. A pesquisa mostra ainda que a taxa de informalidade em Pernambuco aumentou 1 ponto percentual entre julho e agosto, saindo de 40,7% para 41,7% da força de trabalho ocupada e chegando a 1 milhão e 326 mil trabalhadores, 42 mil a mais do que no mês anterior. 

Em agosto, o índice de desempregados chegou a 15,3%, contra 13,5% em julho, 12,6% em junho e 10,5% em maio. Por outro lado, o número de pessoas ocupadas no estado parou de cair no mês passado. Em julho, eram 3 milhões e 153 mil e, em agosto, esse número passou para 3 milhões e 177 mil pessoas, um discreto aumento de 24 mil trabalhadores. 

Já a quantidade de pessoas ocupadas e afastadas do trabalho, devido ao distanciamento social, também diminuiu pelo quarto mês consecutivo. Em julho, eram 313 mil; em agosto, não passavam de 170 mil, uma queda de 45,6% entre um mês e outro. Os números também caíram sensivelmente em relação a maio, passando de 28,8% para 5,3% da população ocupada. Ainda segundo a pesquisa, 9,5% da população pernambucana ocupada e não afastada do trabalho trabalharam de forma remota no último mês, frente a 10,7% no mês de julho.

Leia Mais

Sesc abre matrículas para curso de inglês em Arcoverde

sesc-abre-matriculas-para-curso-de-ingles-em-arcoverde

setembro 23, 2020
G1 Pernambuco, Pernambuco Notícias, Últimas Notícias

Estão abertas as matrículas para o Curso Livre de Idiomas – Inglês, oferecido pelo Sesc Arcoverde, no Sertão de Pernambuco. As aulas terão início no dia 5 de outubro, serão realizadas segundas e quintas, das 19h às 21h, e seguem até o dia 21 de dezembro.

O curso será ministrado pelo professor Marcelo Lopes, através do aplicativo Zoom. As atividades serão realizadas através de diálogos, pôsteres, recursos visuais, músicas e conteúdos digitais. O material didático será digital e custa R$ 212. Ele dá acesso ao My English Lab da Editora Pearson, e é adquirido pelo site.

As mensalidades custam R$ 60, mas os trabalhadores do comércio e dependentes, que possuem o Cartão do Sesc, têm desconto e pagam R$ 30. As inscrições podem ser feitas pelo link.

“O curso vai dar a oportunidade às pessoas, sejam de Arcoverde ou de qualquer parte do país, de participar de aulas dinâmicas, sem sair do conforto do lar, podendo interagir com o professor e com os colegas”, explica Elysangela Neves, professora responsável pelo curso de Idiomas do Sesc Arcoverde.

Serviço

Curso Livre de Idiomas – Inglês do Sesc Arcoverde

Mensalidades: R$ 30 (trabalhadores do comércio e dependentes) e R$ 60 (público geral)

Material didático: R$ 212

Início das aulas: 5 de outubro

Dias e horários: segundas e quintas, das 19h às 21h.

Leia Mais

Procuradores da AGU têm promoção em massa e 606 vão para o topo da carreira

procuradores-da-agu-tem-promocao-em-massa-e-606-vao-para-o-topo-da-carreira

setembro 23, 2020
G1 Pernambuco, Pernambuco Notícias, Últimas Notícias

Poder360

Procuradores da Advocacia Geral da União (AGU) tiveram uma promoção em massa na última sexta-feira (18): 606 membros da carreira da Procuradoria Geral Federal (PGF) foram alçados ao topo da carreira. Além deles, um passou da categoria de início para a intermediária.

O número de profissionais promovidos agora contrasta com o de outros anos. Em 2017, subiram para o topo da carreira 76. Em 2018, foram 69. No ano passado, 81. O número neste ano, em que os debates pela redução de custos com o funcionalismo público ganharam impulso a partir da apresentação da proposta de reforma administrativa, teve alta de 649% na comparação com os anos imediatamente anteriores.

Após essa evolução na carreira, do total de 3.783 procuradores da PGF, 3.489 estão na categoria especial, o ápice de suas carreiras. Isso representa 92% do contingente total.

A promoção significa uma melhora no salário-base dos profissionais. Em 2019, o salário da categoria 2 (entrada) era de R$ 21.014. Na categoria 1 (intermediária), era R$ 24.146. Na categoria final, onde estão 92% dos profissionais da autarquia, o salário inicia em R$ 27.303.

Os aumentos constam da portaria nº 510 de 2020, publicada na sexta-feira (18).

Leia a íntegra da portaria

Em outras carreiras da AGU e no caso dos procuradores da República, é preciso que surjam vagas para a promoção. Essa restrição não vale para os procuradores federais. Motivo: eles ganhavam menos que outras carreiras. No governo Lula, tiveram aumento de salário. Mas o benefício permaneceu.

A reforma administrativa enviada pelo governo ao Congresso dificulta progressões automáticas da carreira. Dos 607 promovidos, 303 receberam o aumento pelo critério da “antiguidade” (que é dado simplesmente porque ficaram no cargo). Outros 303, por “merecimento”.

Leia Mais

Governo do Estado realiza recuperação estrutural da Ponte de Itamaracá

setembro 23, 2020
Governo do Estado, Pernambuco Notícias

ponte

Intervenções estão a cargo do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e têm investimento de quase R$ 15 milhões

O Governo de Pernambuco vai realizar a recuperação estrutural da Ponte Getúlio Vargas, conhecida como ponte de Itamaracá, localizada na PE-035, no Litoral Norte. Nesta segunda-feira (21/9), a Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), emitiu a ordem de serviço para o início das intervenções, que contempla, entre outras ações, a restauração dos pilares, recuperação asfáltica e iluminação em LED. O investimento é de quase R$ 15 milhões e a previsão é que o trabalho seja concluído em 18 meses.

O equipamento tem extensão de 380 metros de comprimento e 9,7 metros de largura e está localizado sobre o Canal de Santa Cruz, o único acesso viário que liga o continente à Ilha de Itamaracá.

A mobilização para montagem do canteiro de obras e deslocamento dos equipamentos para a execução da obra foi iniciada nesta terça-feira (22/9). Os trabalhos começarão com a recuperação e reforço estrutural dos pilares (parte inferior do equipamento), até a conclusão com o recapeamento asfáltico da pista da PE-035, iluminação em LED e a implantação de nova sinalização. Por enquanto, não haverá interdição do tráfego na ponte, que recebe uma média diária de três mil veículos, bem como não haverá bloqueio dos passeios laterais circulação de pedestres. Nos dias mais movimentados dos feriados prolongados e datas festivas, há um aumento de 30% no fluxo de veículos.

“A iniciativa é uma das prioridades estabelecidas pelo governador Paulo Câmara e busca garantir mais segurança e conforto para quem trafega pelo local. As intervenções beneficiarão diretamente mais de 51 mil habitantes dos municípios de Itapissuma e Itamaracá, interligados pela Ponte Getúlio Vargas, que foi construída há mais de 70 anos”, explica a secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista. A ação também vai fortalecer o turismo na Ilha de Itamaracá, contribuindo para o desenvolvimento econômico da região.

Leia Mais