pernambuco-se-mantem-no-topo-de-ranking-de-transparencia-de-dados-sobre-a-covid-19

Pernambuco se mantém no topo de ranking de transparência de dados sobre a Covid-19

Em nova versão de Índice, que dobrou os indicadores analisados, Estado ocupa 2º lugar e permanece com alto nível de transparência



Em nova rodada do Índice de Transparência da Covid-19 versão 2.0, elaborada pela Open Knowledge Brasil (OKBR) com a colaboração da comunidade técnica e acadêmica, que dobrou os indicadores de abertura de dados analisados, Pernambuco continua em destaque em transparência na divulgação de informações sobre o enfrentamento à Covid-19.  

A décima edição do levantamento, a primeira com a nova metodologia, reitera a eficiência do Estado na divulgação dos números, e o coloca no segundo lugar da lista, com 92 pontos, no patamar de “alto nível”. Apenas 5 entes, entre eles Pernambuco, divulgam base de dados com as notificações completas. De acordo com a OKBR, a informação é essencial para compreender a dimensão da pandemia no país. A organização ainda ressalta que metade do país ainda está no escuro com relação ao total de casos suspeitos de Covid-19 que foram notificados no sistema de saúde.

“A transparência é uma marca da qual nos orgulhamos e que nos balizou ao longo de toda esta jornada. Só com a transparência e com o compromisso com a informação de qualidade sobre a doença é possível traçar as estratégias com capacidade de trazer impacto real para as decisões e o planejamento desse enfrentamento à Covid-19. Informação em saúde é fundamental e é um compromisso do Governo de Pernambuco”, destaca o secretário estadual de Saúde, André Longo.

A nova versão do Índice de Transparência da Covid-19, divulgado na noite desta sexta-feira (10.07), conta com 26 indicadores de abertura de dados, o dobro da versão anterior. Nesta segunda fase, o projeto conta com o apoio do Instituto Hivos, além da parceria técnica com o Instituto de Governo Aberto (IGA). Dentre os novos critérios, estão a exigência da disponibilização de dados sobre todas as notificações de Covid-19, incluindo casos suspeitos. Também avança no detalhamento de dados demográficos, como raça/cor, pessoas privadas de liberdade e profissionais da saúde – informações que já vinham sendo disponibilizadas pelo Governo de Pernambuco, seja pelos boletins epidemiológicos produzidos pela Secretaria Estadual de Saúde, seja pelo hotsite www.pecontracoronavirus.pe.gov.br.

A posição conquistada por Pernambuco se deve à absoluta transparência, que é questão central no trabalho desenvolvido pelo Governo Estado. Desde o dia 25 de fevereiro, coletivas de imprensa são realizadas, sistematicamente, para detalhar os dados da doença e informar a real situação para a sociedade.

AVALIAÇÃO – O Índice de Transparência da Covid-19 da OKBR foi lançado em 3 de abril de 2020 e, desde então, vem sendo atualizado semanalmente, todas as quintas-feiras. Na nova versão, as publicações intercalam os resultados de União e estados e os das capitais.



OKBR
 – A Open Knowledge Brasil, também conhecida como Rede pelo Conhecimento Livre, é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos e apartidária que atua no país desde 2013. Desenvolve e incentiva o uso de tecnologias cívicas e de dados abertos, realiza análises de políticas públicas e promove o conhecimento livre para tornar a relação entre governo e sociedade mais transparente e participativa.

Leia Mais

pernambuco-e-destaque-em-novo-indice-de-transparencia-da-okbr

Pernambuco é destaque em novo índice de transparência da OKBR

julho 11, 2020
Governo do Estado, Pernambuco Notícias

Pernambuco alcançou a segunda posição entre os estados brasileiros na nova versão do Índice de Transparência da Covid-19 divulgado pela organização não governamental Open Knowledge Brasil (OKBR). Com um total de 92 pontos, o Governo de Estado permanece no nível “alto” dentro da avaliação da qualidade dos dados e informações relativos à pandemia do novo coronavírus publicados em seus portais oficiais.

Segundo a OKBR, para a composição do índice 2.0 foram definidos um conjunto de dados essenciais e parâmetros para as divulgações. O novo indicador é composto por três dimensões: conteúdo, granularidade e formato. Por sua vez, cada dimensão é constituída por um conjunto de aspectos avaliados separadamente, totalizando 26 indicadores separados pelas áreas de demografia, infraestrutura, casos, base de dados, acesso e qualidade.

“Essa nova avaliação foi muito mais detalhada, com um nível de exigência de informações ainda mais rígido, específico e qualificado. Deixamos de pontuar em apenas dois dos 26 critérios estabelecidos. Para nós, essa conquista é resultado de um esforço contínuo de todos os que fazem a administração estadual. Nossa atuação estará sempre pautada pela transparência nas ações e gastos públicos”, ressaltou a secretária da Controladoria-Geral do Estado (SCGE), Érika Lacet.

Para garantir a classificação de destaque no índice, o órgão, que coordena o Portal da Transparência do Governo de Pernambuco, contou com o apoio da comissão temporária de apoio à Secretaria Estadual de Saúde (SES), que tem como um dos coordenadores o secretário-executivo da SCGE, Caio Mulatinho.

ÍNDICE – A primeira versão do Índice da Transparência da Covid-19 foi lançada em 3 de abril de 2020 e recebeu atualizações semanais até o dia 12 de junho. Diante do expressivo avanço na abertura dos estados e da União, a OKBR abriu uma consulta pública com o objetivo de coletar subsídios para “subir a régua” da avaliação, qualificando ainda mais a transparência da pandemia. Após a consolidação dos resultados desse processo, no dia 10 de julho, foi lançado o Índice de Transparência da Covid-19 (2.0), um instrumento de avaliação ainda mais robusto, aplicado a capitais, estados e governo federal. A coleta de dados passa a ser quinzenal e os resultados da avaliação são atualizados semanalmente, alternando estados e capitais.

Leia Mais

socioeducandos-ganham-livros-por-participacao-em-premio-nacional-de-literatura

Socioeducandos ganham livros por participação em prêmio nacional de literatura

julho 11, 2020
Governo do Estado, Pernambuco Notícias

 sdscj

Adolescentes atendidos na unidade de internação da Funase em Caruaru tiveram crônicas concorrendo com obras de acadêmicos e escritores de vários estados

Seis adolescentes pernambucanos ganharam livros como reconhecimento especial à participação deles no 1º Prêmio de Literatura Josemar Guilhermino. Durante a competição literária, os estudantes, que cumprem medida de internação no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Caruaru, no Agreste do Estado, tiveram crônicas avaliadas juntamente com textos inscritos por acadêmicos e escritores de vários estados brasileiros. A entrega das obras aos socioeducandos foi feita, na sexta-feira (10), por representantes do Sistema Preciso de Comunicação e do Clube do Livro, instituições idealizadoras da premiação nacional.

Os livros abordam temas como o racismo e a poesia como ferramenta de transformação. Já as crônicas inscritas pelos socioeducandos tiveram relatos sobre o desejo de liberdade e perspectivas de futuro. Participaram ainda do concurso integrantes da Academia Jovem de Letras de Campos do Jordão (SP), do curso de Antropologia da Universidade Federal do Oeste do Pará, da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e da Associação Mundo das Artes, de São Miguel dos Campos (AL). O texto mais votado pelos jurados foi de uma participante de São Paulo, que recebeu prêmio em dinheiro, um livro de crônicas e certificado.

Estiveram no ato de entrega dos livros a representante do Sistema Preciso de Comunicação e servidora da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), Elizabete Nunes, e gestores do Case Caruaru. “Pudemos celebrar o poder transformador da leitura e da escrita, que colocou nossos adolescentes ao lado de pessoas do Brasil inteiro através dos seus textos”, relatou o coordenador geral da unidade, Ramonn Melo. “Houve todo um carinho da equipe do prêmio ao fazer as dedicatórias e a entrega dos livros. Foi uma experiência muito bonita”, completou a coordenadora técnica do Case Caruaru, Ana Paula Ferreira.

Em mensagem em vídeo, a representante do Clube do Livro no 1º Prêmio de Literatura Josemar Guilhermino, Myrian Araújo, afirmou que a expectativa é de que outras edições sejam realizadas. “Tivemos obras belíssimas inscritas neste concurso. Queremos que esse seja o primeiro de muitos”, disse. No mesmo sentido, a professora Josicleide Guilhermino, também integrante do Clube do Livro, avaliou a premiação de forma positiva. “Nossos agradecimentos aos adolescentes do Case, que tornaram este momento ainda mais significativo. O acesso à leitura e à escrita tem que ser um bem universal”, complementou.

Imagens: Divulgação

Leia Mais

#148-||-pernambuco-contra-o-novo-coronavirus

#148 || Pernambuco contra o novo coronavírus

Sexta-feira, 10.07.2020

TEMPLOS RELIGIOSOS | Igrejas e templos religiosos vão poder reabrir, nos municípios do Agreste, a partir da próxima segunda-feira (13). Os espaços religiosos deverão seguir rígido protocolo, com uma série de medidas preventivas, e limitar o público a 30% de sua capacidade, podendo chegar ao limite de 50 pessoas nos templos de até mil lugares, e de 300 pessoas nos locais com capacidade acima de mil lugares. No mesmo dia – como parte do avanço da etapa 2 para a etapa 4 do Plano de Convivência com a Covid-19 –  reabrem também, no Agreste, lojas de varejo de rua, os salões de beleza e estética, comércio de veículos, incluindo serviço de aluguel e vistoria, com 50% da carga, construção civil com 100% do efetivo, além de shoppings centers com atendimento presencial. A liberação de parques e praças ficará a cargo das prefeituras. Saiba mais: https://bit.ly/2CorbBD.

POLO DE CONFECÇÕES | Em nota à imprensa, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico reafirmou que o avanço dos municípios do Agreste à etapa 4 do Plano de Convivência não contempla a reabertura ao público das atividades do Polo de Confecções do Agreste. Por enquanto, as empresas do polo devem continuar operando exclusivamente via delivery e coleta. A reabertura desses estabelecimentos, com novos protocolos sanitários e de segurança, está na etapa 7 do Plano de Convivência, ainda sem data prevista.

CORONAVÍRUS | O boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, hoje (10), 1.333 novos casos da Covid-19 em Pernambuco. Desses, 1.171 (88%) são leves, isto é, não demandaram internamento hospitalar ou estavam na fase final da doença; outros 162 (12%) se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). O Estado agora conta 70.100 casos confirmados, número que inclui as 49.483 pessoas já curadas da doença em Pernambuco. O boletim também registrou 73 óbitos, 24 dos quais (33 %) ocorreram nos últimos três dias. Com isso, o número de vítimas fatais do Novo Coronavírus em Pernambuco passou para 5.482. Leia o boletim completo: https://bit.ly/3ejtPWk.

=> Entenda a metodologia para definição de casos: https://bit.ly/321Ih31.

ATENDE EM CASA | O aplicativo Atende em Casa ficou disponível, hoje (10), para os 11,3 mil moradores de Poção, no Agreste pernambucano. O Atende em Casa realiza a teleorientação de pessoas com sintomas gripais, além de prestar suporte emocional para suspeitos de Covid-19 que apresentam sofrimento psíquico. Atualmente, 98,6% da população pernambucana, em 178 municípios, podem usar a ferramenta, que é gratuita. É possível baixá-la em smartphones Android ou acessar em www.atendeemcasa.pe.gov.br.

PROTOCOLOS | Consulte aqui os protocolos gerais e específicos dos setores que já voltaram a funcionar:  https://bit.ly/3gDeiCw.

FAKE NEWS | Antes de repassar alguma notícia, confirme em fontes oficiais! Confira boatos já desmentidos: https://www.pecontracoronavirus.pe.gov.br/#fakenews.

Para informações sobre testagem para o novo coronavírus: https://dados.seplag.pe.gov.br/apps/corona.html#testes.

Para informações sobre casos de Covid-19 na população privada de liberdade: https://dados.seplag.pe.gov.br/apps/corona.html#prisional.

Informe Epidemiológico: https://www.cievspe.com/novo-coronavirus-2019-ncov.

Para denunciar descumprimento das medidas ligue 190.

Leia Mais

boletim-covid-19-–-comunicacao-ses-pe

Boletim Covid-19 – Comunicação SES-PE

Sexta-feira, 10/07/2020

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, nesta sexta-feira (10.07), 1.333 novos casos da Covid-19 em Pernambuco. Entre os confirmados hoje, 1.171 (88%) são casos leves, ou seja, pacientes que não demandaram internamento hospitalar e que estavam na fase final da doença ou já curados. Os outros 162 (12%) se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Agora, Pernambuco totaliza 70.100 casos já confirmados, sendo 20.850 (30%) graves e 49.250 (70%) leves. Além disso, o boletim de hoje registra um total de 49.483 pessoas recuperadas da doença. Desse total, 10.405 são de casos graves, que demandaram leitos no sistema de saúde, e 39.078 casos leves.

Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 180 municípios pernambucanos (tabela 1), além do arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência de pacientes em outros Estados e países.

Também foram confirmados laboratorialmente 73 óbitos (sendo 38 do sexo feminino e 35 do sexo masculino). Os novos óbitos confirmados são de pessoas residentes nos municípios de Água Preta (1), Aliança (2), Amaraji (1), Barreiros (1), Belo Jardim (1), Bezerros (2), Brejo da Madre de Deus (2), Cabo de Santo Agostinho (2), Camaragibe (3), Carpina (1), Caruaru (9), Catende (1), Chã de Alegria (1), Cupira (1), Goiana (1), Gravatá (2), Igarassu (1), Itambé (1), Jaboatão dos Guararapes (6), João Alfredo (1), Lajedo (2), Olinda (5), Paulista (2), Pesqueira (2), Pombos (1), Primavera (1), Quipapá (1), Recife (10), Rio Formoso (1), Saloá (2), Santa Cruz do Capibaribe (1), São Lourenço da Mata (1), Serra Talhada (1), Surubim (1), Timbaúba (1), Vitória de Santo Antão (1). Com isso, o Estado totaliza 5.482 mortes pela doença.

As mortes registradas no boletim de hoje ocorreram entre 11 de maio e 9 de julho. Do total, 49 (67%) ocorreram de 11/05 a 05/07. As outras 24 (33%) ocorreram nos últimos três dias.

Os pacientes tinham idades entre 35 e 95 anos. As faixas etárias são: 30 a 39 (2), 40 a 49 (7), 50 a 59 (8), 60 a 69 (11), 70 a 79 (24), 80 anos ou mais (21).

Dos 73 pacientes que vieram a óbito, 45 apresentavam comorbidades confirmadas: hipertensão (21), diabetes (21), doença cardiovascular (17), doença renal (6), tabagismo/histórico de tabagismo (6), doença respiratória (6), obesidade (4), câncer (3), etilismo (2), imunossupressão (1), AVC (1), doença hepática (1), Alzheimer (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Seis não tinham comorbidades e os demais estão em investigação pelos municípios.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 16.855 casos foram confirmados e 21.766 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.

ATENDE EM CASA – Mais um município do Agreste passa a ser beneficiado com o aplicativo Atende em Casa. Desde a manhã desta sexta-feira (10.07), as mais de 11,3 mil pessoas de Poção já podem utilizar a ferramenta, indicada para aqueles que estão com sintomas gripais, além de também oferecer suporte emocional para a população com suspeita da Covid-19 que apresente sofrimento psíquico. Agora, já são 178 municípios (96,22% das cidades pernambucanas) assistidos pela tecnologia, em todas as XII Gerências Regionais de Saúde (Geres), beneficiando mais de 9,4 milhões de pessoas (98,59% da população total do Estado).

O Atende em Casa já conta com mais de 88,6 mil usuários cadastrados. Ao todo, entre os usuários que passaram por teleorientação com profissional, mais de 10 mil pessoas foram orientadas a procurar uma unidade de saúde e mais de 15,4 mil a permanecer em isolamento domiciliar.  Até o momento, 172 teleacolhimentos foram realizados pela equipe de psicólogos da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), responsável pelos atendimentos em todo o Estado com exceção do Recife, que atende seus próprios moradores.

O aplicativo, disponível pelo site www.atendeemcasa.pe.gov.br e para smartphones com sistema Android, permite que médicos, enfermeiros ou residentes médicos façam videochamadas e orientações aos usuários. Mais de 100 profissionais de saúde foram treinados pela SES-PE para atuação no Atende em Casa, reforçando as escalas de plantão. Os profissionais recebem orientações quanto ao uso do aplicativo, protocolos clínicos da Covid-19 e fluxo de atendimento nas unidades de saúde.

Além da teleorientação e do teleacolhimento, a ferramenta também passou a auxiliar os municípios pernambucanos no agendamento das testagens para a Covid-19 para o público prioritário para o exame. O objetivo é facilitar o acesso e apoiar os gestores municipais que desejarem aderir a essa funcionalidade. Os agendamentos serão realizados de acordo com a sintomatologia do usuário. Os municípios disponibilizam a agenda de suas unidades de saúde e o paciente é referenciado para o serviço mais próximo de sua casa, de acordo com o exame preconizado para o caso, que pode ser o RT- PCR, indicado para o início dos sintomas, ou o teste rápido. Os municípios que não aderirem ou que ainda não estão com essa funcionalidade ativa podem realizar os testes utilizando seus próprios fluxos.

A lista dos municípios está disponível no portal.saude.pe.gov.br

Leia Mais