CONTAS DA COMPESA

Firmino Caetano da Silva Junior

A cobrança  irregular da Compesa que está sendo realizada aos moradores da Praia do Janga, no município de Paulista, em Pernambuco, é uma afronta aos usuários. O mostrador roda sem parar parecendo mais ala de baianas em desfile de carnaval, e as cobranças são muito elevadas chegando em alguns casos a R$500,00, R$600,00 e até mil reais. O descaso e a falta de respeito é muito grande. Apesar de várias reclamações neste sentido, a Campanha nada faz ou vem fazendo para solucionar este problema. Com essa crise que passa o país e milhares de pessoas desempregadas e o povo sem dinheiro, é mais do que justo este apelo. É preciso que este problema seja solucionado o mais rápido possível. Foto: Prédio sede da Compesa. Pinto Pessoa. Paulista. Pernambuco   

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *