CPRH recebe filhote de gato-mourisco encontrado na Região do Cariri baiano

O felino foi localizado em um milharal na zona rural do município de Milagres 
 
Um filhote de jaguarundi, mais conhecido como gato-mourisco, (Herpailurus yagouaroundi), animal que está na lista de Espécies da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção, é o mais novo hospede do Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas Tangara), unidade da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH). O animal foi encontrado pelo agricultor João Leandro, no município de Milagres, Região do Cariri baiano.
 
O gato-mourisco foi entregue à equipe da CPRH no município de Exu, no Sertão pernambucano, por técnicos do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade ICMBio), quando a equipe fazia a soltura de animais silvestres que foram reabilitados pelo Cetas.
 
De acordo com o gestor do Cetas Tangara, Yuri Marinho, o filhote foi trazido Pernambuco pelo Ibama, que tinha a guarda do animal. Segundo informações repassadas pelo ICMBio, o felino foi encontrado pelo agricultor João Leandro quando ele fazia o plantio de milho em sua propriedade, localizado na zona rural de Milagres, na Bahia. Inicialmente, o agricultor confundiu o animal com um gato doméstico e chegou a alimentar o filhote.
.   
“Ele teve sorte de não ter sido pego por algum predador. Não se sabe o que aconteceu com a mãe desse filhote, que tem poucos dias de vida. Cuidar dele exige muita atenção, pois ele não se alimenta sozinho e está sob o estresse da viagem”, comentou Yuri Valença.  Ele disse também que
o gato ficará sob os cuidados do Cetas, até desenvolver aptidões próprias da espécie e crescer o suficiente para ser solto na natureza.
 
Texto: Josie Marja
Fotos: Paloma Almeida

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *