Geraldo destaca renovação da fé e esperança na abertura das celebrações de Nossa Senhora do Carmo

O prefeito participou neste sábado (6) da abertura do novenário da padroeira do Recife, que este ano comemora o centenário da coroação canônica com uma exposição que faz o resgate de sua história

 

Os cem anos da coroação canônica de Nossa Senhora do Carmo, padroeira do Recife, tiveram início, ontem (6), com homenagens e pedidos à Virgem do Carmelo. O prefeito Geraldo Julio acompanhou ao lado da primeira-dama, Cristina Mello, e da equipe de secretários, a missa de abertura do novenário da Festa do Carmo. A basílica estava lotada para a abertura da celebração e a estimativa é que a quantidade de fiéis aumente até o dia da festa.

Na ocasião, o prefeito também visitou a exposição que conta a história de Nossa Senhora do Carmo no Recife e o processo canônico de coroação da imagem da padroeira do Recife, em 1919. A exposição conta com mais de 40 fotografias, documentos, revistas e jornais, além do quadro do pintor, vitralista e arquiteto alemão radicado no Brasil, Henrique Moser, que retrata a coroação canônica. As comemorações seguem até o dia 16, dedicado especialmente à Nossa Senhora do Carmo, quando, após a missa campal, a imagem sai em procissão pelas ruas do Centro do Recife.

“Estamos começando hoje as comemorações de Nossa Senhora do Carmo. Foi uma celebração muito bonita que Dom Limacêdo e Frei Rosenildo fizeram esta noite. E também uma belíssima exposição com toda a história de Nossa Senhora do Carmo no Recife em comemoração aos 100 anos de sua coroação como rainha dos recifenses e pernambucanos. Com certeza, um momento de renovação de fé e abertura de um ciclo de esperança para nosso povo”, afirmou o prefeito Geraldo Julio.

Com o tema ‘’Mãe do Carmelo, há 100 anos Coroada, Te Louvamos!’’, a festa está em sua 323ª edição e, ao longo da celebração, várias secretarias da Prefeitura do Recife vão atuar de forma conjunta para dar suporte à organização do evento. Estima-se um público de 300 mil pessoas.

Para quem trabalha na festa, caso da voluntária Edmilda Dantas, a Festa do Carmo é um momento para agradecer e celebrar a fé. “Todo ano estamos aqui trabalhando na Basílica com muita honra. A gente se desdobra nessa data para oferecer o nosso serviço a essa mãe tão misericordiosa. É momento para agradecer todas as graças que conseguimos através dela”, afirmou.

Otávio Batista

Gerente Geral de Relações com a Imprensa

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Current ye@r *