Gestão de Anderson Ferreira será direcionada para a sua reeleição em 2020. Se vai ser combinado com o povo, ainda não sabemos

De Roberto Santos – Cientista Político

contruçãoCom um orçamento para 2019 da ordem de um bilhão e meio, a gestão aposta que em 2019 será o ano dos frutos políticos, além de apostar na receita e na aproximação do governo federal, o Prefeito também aposta num inverno menos rigoroso que não atrapalhe as suas intenções para este ano. Com uma equipe revista e um governo com mais experiencia, fato que só com o tempo veio para que o gestor conhecesse a maquina administrativa complexa que a cidade do Jaboatão, o gestor deve começar ainda este ano projetos prometidos em campanha e que até agora não saiu do papel. A falta ainda de nomes competitivos e uma definição de quem de fato é oposição, isso da ao Prefeito uma tranquilidade e uma preocupação que tira dele algumas cuidados que em política não se deve abandonar, mesmo porque, em política não se subestima ninguém, foi o que ocorreu com ele próprio quando chegou como pré-candidato pela primeira vez. Segundo fontes do governo, até o primeiro semestre, Jaboatão vai virar um canteiro de obras, bem, torcemos que de fato que isso aconteça e que os serviços melhorem definitivamente

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Current ye@r *