LIANA VENTURA GANHA PRÊMIO INTERNACIONAL

Vice-presidente da Fundação Altino Ventura – FAV, a oftalmologista Liana Ventura receberá em Cancún, no México, a “Medalha Humanitária Benjamin F. Boyd”, em reconhecimento aos relevantes serviços prestados à humanidade, por meio da FAV, nas áreas de assistência, ensino e pesquisa científica. A cerimônia ocorrerá na solenidade de abertura do Congresso Pan-americano de Oftalmologia, dia 25 de maio. Dra. Liana é a primeira oftalmologista com atuação no Brasil a receber a distinção.

Criado em 1987, o Prêmio Humanitário Benjamin F. Boyd reconhece profissionais que se destacaram no cenário internacional, trazendo avanços na atuação profissional da oftalmologia e contribuindo, de forma pioneira, para a ciência e o desenvolvimento dos povos das Américas.

 

Dra. Liana Ventura é a primeira oftalmologista pediátrica do Brasil e tem se destacado pelo trabalho decombate à cegueira e reabilitação pessoas com deficiências visuais, auditivas, físicas e intelectuais da população de baixa renda. Coordena e executa diversos projetos em Pernambuco, além de oito estados do Norte e Nordeste do Brasil. Tudo isso graças às parcerias nacionais e internacionais.

 

“Vi na oftalmologia a oportunidade de ajudar pessoas e fico muito feliz por poder usar meus dons e talentos através da minha profissão. É uma imensa satisfação receber esse grande reconhecimento pelos trabalhos relevantes realizados por meio da FAV e do Hope. Temos uma atuação forte como instituição na área de educação e pesquisa científica, e a FAV tem exercido o seu papel social e contribuindo para a saúde e qualidade de vida de milhares de pacientes de todas as regiões do Brasil. Essa homenagem se estende aos profissionais da FAV, a Pernambuco e ao Brasil, além dos nossos parceiros nacionais e internacionais, que fazem, juntos, a diferença na vida das pessoas”, destacou a médica.

 

SOBRE A HOMENAGEADA 

Liana Maria Vieira de Oliveira Ventura possui graduação em medicina pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE (1983); curso de extensão (fellow) em oftalmologia pediátrica e estrabismo pela Universidade de San Juan, Porto Rico – EUA, tornando-se, em 1985, a primeira oftalmopediatra do Brasil. É doutora em Ciências Visuais pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG (2001); mestre em administração da prática oftalmológica pela Universidade Federal de São Paulo – Unifesp (2002). Atualmente, é membro da diretoria da Fundação Pan-Americana de Oftalmologia, vice-presidente do Conselho Executivo da FAV e Coordenadora do Departamento de Oftalmologia Pediátrica e Estrabismo do Hospital de Olhos de Pernambuco – Hope. Também é diretora do Centro Especializado em Reabilitação, CER IV, da FAV. Atua ainda como consultora técnico-científica do Ministério da Saúde do Brasil no Plano de Enfrentamento à Microcefalia pelo Zika vírus e na Organização Mundial de Saúde – OMS na área deSíndrome Congênita do Vírus da Zika.

 

SOBRE A FAV

 

A Fundação Altino Ventura (FAV) foi fundada outubro de 1986. Toda assistência clínica, cirúrgica e de emergência oftalmológica oferecida pela FAV à população de baixa renda é feita 100% via Sistema Único de Saúde (SUS). Através de diversos projetos de combate à cegueira e reabilitação visual, a instituição já beneficiou 145 dos 185 municípios de Pernambuco.

 

Em 32 anos de atuação, a Fundação Altino Ventura (FAV) já realizou mais de 14 milhões de procedimentos em 1,6 milhão de pacientes. Através de seus Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu (residência médica, especialização e fellow em oftalmologia), já formou 572 médicos oftalmologistas brasileiros e estrangeiros (América Latina e África). A instituição desenvolve e publica regularmente trabalhos científicos, apresentados em congressos no Brasil e no mundo. Entre 2016 e 2018, foram 74 publicações em revistas indexadas nacionais e internacionais.

 

Myllena Valença
Assessora de imprensa – Fundação Altino Ventura 

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Current ye@r *