Boletim Covid-19 – Comunicação SES-PE

Segunda-feira, 25.05.2020 

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou, nesta segunda-feira (25.05), 607 novos casos da Covid-19 em Pernambuco. Entre os confirmados hoje, 220 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 387 como leves. Agora, Pernambuco totaliza 28.366 casos já confirmados, sendo 12.611 graves e 15.755 leves. Dos casos graves, 1.616 evoluíram bem, receberam alta hospitalar e estão em isolamento domiciliar. Outros 4.878 estão internados, sendo 234 em UTI e 4.644 em leitos de enfermaria, tanto na rede pública quanto privada.

Além disso, o boletim de hoje registra mais 1.618 pacientes recuperados do novo coronavírus em Pernambuco, totalizando 8.312 pessoas curadas da Covid- 19 no Estado. Desse total, 3.869 são de casos graves e 4.443 casos leves.

Até agora, os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 157 municípios pernambucanos (tabela 1), além do Arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência de pacientes em outros Estados e países.

Também foram confirmados laboratorialmente 48 óbitos (sendo 27 do sexo masculino e 21 do sexo feminino) de pessoas residentes nos municípios de Recife (14), Paulista (4), Vitória de Santo Antão (4), Cabo de Santo Agostinho (3), Jaboatão dos Guararapes (3), Olinda (3), Abreu e Lima (2), Ipojuca (2), Palmares (2), Tamandaré (1), Nazaré da Mata (1), Agrestina (1), Joaquim Nabuco (1), Goiana (1), Brejo da Madre de Deus (1), Água Preta (1), Barra de Guabiraba (1), Bom Jardim (1), Itambé (1), além de um caso de outro Estado. Com isso, o Estado totaliza 2.248 mortes pela Covid- 19.

As mortes ocorreram entre os dias 28/04 e 24/05 e os pacientes tinham idades entre 21 e 94 anos de idade. Dos 48 pacientes que vieram a óbito, 30 apresentavam comorbidades confirmadas: hipertensão (21), diabetes (13), doença cardiovascular (4), doença renal (4), doença de Alzheimer (3), doença pulmonar (3), tabagismo (2) e histórico de AVC (1), o mesmo paciente pode ter mais de uma comorbidade. Três não tinham comorbidades e os demais estão em investigação pelos municípios.

As faixas etárias são: 20 a 29 (2), 30 a 39 (2), 40 a 49 (1), 50 a 59 (2), 60 a 69 (13), 70 a 79 (13), 80 ou mais (15).

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 6.838 casos foram confirmados e 6.004 descartados. As testagens abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Estado foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar os profissionais da área da saúde.

ATENDE EM CASA – Mais 144 mil pernambucanos de sete municípios do Agreste e do Sertão passam a contar com o aplicativo Atende em Casa. A partir da terça-feira (26.05), os moradores de Ibirajúba e Jataúba, na IV Gerência Regional de Saúde (Geres); Ibimirim, Pedra e Tacaratu, na VI Geres; e Moreilândia e Trindade, na IX Geres, poderão acessar a tecnologia, que traz orientações para aqueles que apresentarem sintomas gripais. Ao todo, já são 107 municípios assistidos pela ferramenta, totalizando mais de 7 milhões de pessoas (70% da população do Estado).

Com as novas inclusões, todas as 13 cidades da VI Geres terão acesso à tecnologia. A I (20 municípios), X (12) e XI (10) Geres também já são atendidas em sua totalidade.

O Atende em Casa, parceria do Governo do Estado com a Prefeitura do Recife, passa orientações para a população sintomática que busca o serviço online, seja para manter o isolamento domiciliar ou, após uma teleorientação feita por profissional de saúde, fazer a busca qualificada por um serviço de saúde mais próximo da sua casa. A ferramenta já conta com mais de 68,9 mil usuários cadastrados. Ao todo, após teleorientação, mais de 8,2 mil pessoas foram orientadas a procurar uma unidade de saúde e mais de 13,9 mil a permanecer em isolamento domiciliar.

O aplicativo, disponível pelo site www.atendeemcasa.pe.gov.br e para smartphones com sistema Android, permite que médicos, enfermeiros ou residentes médicos façam videochamadas e orientações aos usuários. Mais de 100 profissionais de saúde foram treinados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), responsável por coordenar os atendimentos fora do Recife, para atuação no Atende em Casa, reforçando as escalas de plantão. Os profissionais recebem orientações quanto ao uso do aplicativo, protocolos clínicos da Covid-19 e fluxo de atendimento nas unidades de saúde.

LISTA DOS MUNICÍPIOS – ATENDE EM CASA

I Geres: Abreu e Lima, Araçoiaba, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Chã de Alegria, Chã Grande, Fernando de Noronha, Glória do Goitá, Igarassu, Ipojuca, Ilha de Itamaracá, Itapissuma, Jaboatão dos Guararapes, Moreno, Olinda, Paulista, Pombos, Recife, Vitória de Santo Antão, São Lourenço da Mata.

III Geres: Escada, Lagoa dos Gatos, Palmares, Primavera, Ribeirão, Rio Formoso, Sirinhaém, Xéxeu.

IV Geres: Alagoinha, Altinho, Bezerros, Bonito, Camocim, Caruaru, Gravatá, Ibirajúba, Jataúba, Jurema, Pesqueira, Sanharó, Santa Cruz do Capibaribe, São Caetano.

V Geres: Águas Belas, Bom Conselho, Brejão, Caetés, Calçados, Canhotinho, Capoeiras, Correntes, Iati, Garanhuns, Jucati, Lajedo, Palmerina, Paranatama, Saloá, São João, Terezinha.

VI Geres: Arcoverde, Buíque, Custódia, Ibimirim, Inajá, Jatobá, Manari, Pedra, Petrolândia, Sertânia, Tacaratu, Tupanatinga, Venturosa.

IX Geres: Araripina, Exu, Ipubi, Granito, Moreilândia, Ouricuri, Santa Cruz, Trindade.

X Geres: Afogados da Ingazeira, Brejinho, Carnaíba, Iguaracy, Ingazeira, Itapetim, Quixaba, Santa Terezinha, São José do Egito, Solidão, Tabira, Tuparetama.

XI Geres: Betânia, Calumbi, Carnaubeira, Flores, Floresta, Itacuruba, Santa Cruz da Baixa Verde, São José do Belmonte, Serra Talhada, Triunfo.

XII Geres: Aliança, Camutanga, Goiana, Macaparana, Timbaúba.

Leia Mais



vi-semana-do-bebe-do-recife:-“a-unica-coisa-que-a-gente-nao-pode-poupar-e-o-afeto”

VI Semana do Bebê do Recife: “A única coisa que a gente não pode poupar é o afeto”

Com uma programação totalmente online, a abertura da Semana do Bebê 2020 contou com mais de 2 mil pessoas assistindo a transmissão ao vivo pela página da Prefeitura do Recife no YouTube.

 

A VI Semana do Bebê do Recife 2020 começou oficialmente na manhã de hoje (25) com a solenidade de abertura realizada online e transmitida ao vivo pelo canal da Prefeitura do Recife no YouTube. Com um formato inédito depois de seis edições, a Semana do Bebê vem com mais de 130 atrações gratuitas disponibilizadas em diversos formatos pela internet até o domingo (31). “Família, criança e felicidade: cuidados conectados, desenvolvimento pleno” foi o tema escolhido para este ano. E para o ‘ponta pé inicial’, a primeira dama do Recife e coordenadora da Semana do Bebê, Cristina Mello, conversou com o palestrante convidado, o psicólogo e escritor Rossandro Klinjey. A abertura contou também uma mensagem do prefeito do Recife, Geraldo Julio, e com a participação do secretário de Planejamento e Gestão do Recife, Jorge Viera, e de Dennis Larsen, representante do Unicef para o Nordeste. A programação completa está disponível no site: https://semanadobebe.recife.pe.gov.br/

Cristina Mello fez um breve histórico sobre a iniciativa da Semana do Bebê ressaltando a satisfação de poder realizar o evento, mesmo que distante, sem contato físico e com cada um na segurança das suas casas. “A covid-19 nos impulsionou a resignificar e redirecionar nossa proposta para a realização da Semana do Bebê do Recife. Não teremos esse ano o contato físico. O abraço e o toque ficarão para um momento que esperamos que seja o mais breve possível. Mas, enquanto isso, precisamos nos permitir exercitar a afetividade de outras formas”, pontuou a primeira dama. “A Primeira Infância é uma estratégia de política pública que é vista com muita seriedade e conduzida como prioridade por esta gestão. Nós acreditamos que uma sociedade mais justa, mais equilibrada, com menos distorções sociais é possível a partir de investimentos voltados para esta fase da vida”, completou.

Para brindar os mais de 2 mil participantes que estavam online durante a transmissão ao vivo da abertura, o psicólogo e escritor Rossandro Klinjey fez um passeio sobre assuntos relacionados ao cuidado. O cuidado com a criança, o cuidado com a família, o cuidado com a cidade. Esse conjunto somado reflete na formação de um adulto mais preparado para o futuro, um cidadão ciente da sua participação ativa na sociedade e dentro do seu núcleo familiar. Na costura disso tudo o afeto como instrumento transformador de realidades: “A única coisa que a gente não pode poupar é o afeto”.

Rossandro falou sobre diversos aspectos envolvendo o desenvolvimento infantil a partir da participação da família e da contribuição do poder público e elogiou a gestão. “É importante que as gestões públicas assumam as questões relacionadas à Primeira Infância de forma intersetorial, observando essa fase da vida de maneira global e envolvendo as suas diversas áreas de atuação. Não pode ser vista como algo de um governo apenas. É interessante ver que a Prefeitura do Recife tem essa leitura e parabenizo por isso”, falou Rossandro que concluiu a palestra deixando aos participantes palavras de esperanças de tempos menos incertos e mais seguros.

Semana do Bebê- A Semana do Bebê é uma estratégia de mobilização social realizada pela Prefeitura da Cidade do Recife (PCR), em parceria com o Fundo das Nações Unidas para Infância (Unicef), cujo objetivo é incentivar ações em favor da Primeira Infância, fase da vida compreendida entre zero e seis anos de idade. A Semana do Bebê oportuniza a divulgação e o fortalecimento das ações realizadas no município sobre cuidados, prevenções e assistências às crianças com foco no resgate do afeto, dos elos familiares e sociais como propulsores do desenvolvimento infantil.

Novidade – Para ajudar nessa convivência entre adultos e crianças, que agora conta com tantas mudanças nas rotinas em função da covid-19, a Prefeitura do Recife lançou, na VI Semana do Bebê do Recife 2020, o aplicativo Criança em Casa Recife. A partir desta semana o sistema estará disponível para baixar no celular e a partir de hoje (25) já é possível de usá-lo pelo site: http://criancaemcasa.recife.pe.gov.br.

Inteiramente gratuito, o sistema reúne uma série de atividades e informações lúdicas e pedagógicas com o objetivo de ser um instrumento de interação entre adultos (pais, mães e cuidadores) e crianças. O sistema criado permite a interação das famílias por meio de atividades guiadas possibilitando conexões de afetividade. Esses momentos de descontração assumem relevante importância nesse período em que o contato com o mundo fora de casa precisa ser controlado. 

Para a sua formulação, a Prefeitura do Recife contou com a colaboração de profissionais da rede municipal de diversas áreas de atuação (educação, saúde e lazer) e de parceiros, que se dispuseram a contribuir. Ainda assim é possível incorporar novas ideias para deixar o aplicativo ainda mais interessante e convidativo ao uso. Os interessados em se juntar nessa frente colaborativa podem enviar suas ideias à equipe responsável pelo email: appcriancaemcasa@gmail.com.

Secretaria?: 
0
Categoria/Assunto: 
Carrossel?: 
0

Leia Mais



Filhote de coruja-das-tores é encontrado machucado em Olinda

A Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), por meio do Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco (Cetas Tangara), resgatou, no último sábado (23) um filhote de coruja, que estava nas proximidades de uma clinica veterinária, no município de Olinda, Região Metropolitana do Recife.
A ave, da espécie Tyto furcata, conhecida popularmente como coruja- das-torres, foi resgatada desnutrida e ainda aprendendo a voar. O filhote foi levado ao Cetas onde receberá os cuidados de veterinários clínicos até que esteja em condições de ser solto na natureza.

Leia Mais



Prefeitura de Igarassu conta com alunos de medicina no combate a Covid19

Estudantes do 5º período do curso de Medicina da FMO – Faculdade de Medicina de Olinda,  e que fazem parte do projeto Brasil Conta Comigo , estão auxiliando no atendimento nas unidades de saúde de Igarassu. Até o momento, são oito alunos que trabalham em dupla e são monitorados pela equipe técnica de cada posto, sempre supervisionados por um médico. 

Igarassu é a primeira gestão a receber esse importante apoio em sua luta contra a Covid19. O município possui 33 postos, todos com medico, enfermeiro, técnico em enfermagem e equipe técnica para o atendimento ao usuário do Sistema Único de Saúde – SUS. Com a chegada dos universitários, o atendimento aos pacientes foi ampliado, entre os serviços prestados estão a triagem dos pacientes suspeitos e com sintomas do Coronavírus, alem de orientações de saúde. A gestão de Igarassu pretende também, receber estudantes da área de Enfermagem nas unidades para atuarem no combate à doença. 

Foto: Ivonildo Pedro / Secom

Christiane Huggins 
Secretária de Comunicação 

Leia Mais



Pena Alternativa contribui para prevenção à Covid-19 em unidade de saúde

Pena alternativa

A prestação de serviço é realizada  por dois cumpridores na Unidade Mista de Pontas de Pedra

A pena de prestação de serviço realizada por dois cumpridores  na Unidade Mista de Pontas de Pedra, em Goiana,  Região Metropolitana do Recife, contribue neste período  com  a prevenção da Covid-19.

Encaminhados pela Gerência de Penas Alternativas e Integração Social (Gepais), órgão da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), os cumpridores cuidam da limpeza interna e externa da instituição, do jardim e ainda realizam serviços gerais.

De acordo com a diretora da  unidade, Rosa Celina, eles dão uma ajuda significativa  nesse momento de Pandemia. “Reforçam a higienização da unidade, que atende uma média de 60 pessoas por dia com emergências, além de fazerem outros serviços, como de pedreiro. Quando  concluírem a pena poderão ser  aproveitados  nas atividades”, explica.

G.F. presta serviço aos domingos porque trabalha como pedreiro durante a semana. “Vou cumprir  a pena por dois anos, gosto daqui. Trabalho com máscara e os equipamentos necessários, e acho muito importante contribuir, nesse momento, para 

a prevenção da doença”. 

Atualmente,  as Centrais de Apoio às Medidas e Penas    Alternativas (Ceapa’s) atendem a 877 pessoas que cometeram pequenos delitos e cumprem pena de prestação de serviços no estado.

Segundo o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico, a prestação de serviços configura a forma mais adequada e edificante de alternativa penal. É através dessa modalidade que o cumpridor efetivamente contribui para a comunidade em que está inserido e reflete sobre o delito cometido, configurando o sentido máximo da palavra ressocialização.  

 

Foto: Divulgação

Leia Mais