priscila-krause-enaltece-acoes-da-prefeitura-de-caruaru-para-enfrentar-pandemia

Priscila Krause enaltece ações da Prefeitura de Caruaru para enfrentar pandemia

DIÁLOGO – “A gente só vai conseguir enfrentar efetivamente a Covid-19 se houver integração.” Foto: Reprodução/Giovanni Costa

A deputada {dep: 14842(Priscila Krause)} (DEM) enalteceu, na Reunião Plenária virtual desta terça (30), as ações adotadas pela Prefeitura de Caruaru diante da pandemia do novo coronavírus. Ela lamentou, no entanto, a ausência de respaldo por parte do Governo do Estado, criticando a “falta de diálogo” antes da decretação de regras mais rígidas de isolamento social nesse município e em Bezerros (Agreste), entre os dias 26 de junho e 5 de julho.A gente só vai conseguir enfrentar efetivamente a Covid-19 se houver integração”, pontuou.

Segundo a democrata, Caruaru contratou profissionais na área de saúde, disponibilizou a UPA da Boa Vista para questões respiratórias e síndromes gripais e ampliou o Hospital Manoel Afonso para atender exclusivamente pacientes com a doença. Krause elogiou o Programa Remédio na Porta, que teria feito 20 mil entregas para 12 mil pessoas cadastradas. Ainda informou terem sido realizados mais de 100 mil testes na população caruaruense, contra dois mil feitos pelo Governo Estadual. Além disso, a Prefeitura instalou barreiras sanitárias, com testagem e medição de temperatura, em 20 pontos da cidade.

Outro questão elogiada pela deputada foi a reorganização das feiras, para conscientizar os vendedores e compradores, bem como garantir espaçamento adequado e a disponibilização de lugares para higienização. Ela fez referência, também, à distribuição de kits alimentares, mobilização de voluntários e acolhimento oferecido para a população em situação de rua.

Krause mencionou a suspensão das aulas na rede municipal, antes mesmo da decretação de estado de calamidade pública em Pernambuco, e o suporte aos estudantes com o Programa Aula em Casa. Citou ações para minimizar o impacto econômico do isolamento social, como o São João Solidário e os sistemas de delivery para sulanqueiros, microempreendedores e pequenos empresários.

APARTE – Tony Gel destacou “esforço do Estado para montar uma estrutura para atender aos caruaruenses e agrestinos”. Foto: Reprodução/Giovanni Costa

“A despeito das dificuldades que os municípios enfrentam e da distribuição desigual de recursos, a prefeita vem fazendo um esforço enorme”, avaliou. “Infelizmente durante esses cem dias, o Governo do Estado não se fez presente. E não entendeu que a atual gestão de Caruaru está disposta a ser parceira, para trazer benefícios aos que mais precisam”, emendou. De acordo com ela, mais de dez ofícios enviados pela Prefeitura não foram respondidos pela administração estadual.

Em aparte, {dep: 14852(Tony Gel)} (MDB) destacou o “esforço do Estado para montar uma estrutura para atender os caruaruenses e agrestinos”. Ele disse que o Hospital Mestre Vitalino se tornou referência para casos de Covid-19, e uma unidade de campanha foi instalada. Mencionou, além disso, investimentos no Hospital Regional do Agreste e reserva de leitos em duas unidades de saúde privadas.

Sobre a alegação de falta de diálogo, registrou que o secretário estadual de Saúde André Longo esteve, nesta terça, em Bezerros e Caruaru. “O Estado fez em Caruaru o que podia ser feito e tem salvado muitas vidas. Se alguma coisa não andou nas comunicações, foi por conta do estresse desse momento”, defendeu.

{dep: 364608(José Queiroz)} (PDT), por sua vez, qualificou como uma “fantasia” o relatório de ações apresentado por Priscila Krause. “Se você olhasse a composição dos kits alimentares que a prefeita distribuiu depois de 69 dias, pediria desculpas”, disse. “Não me surpreende que essa ilusão venha de Caruaru, porque a prefeita é do lado do presidente Bolsonaro, e o Brasil dele vive de fantasias”, criticou.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *