REDE GLOBO NORDESTE X MARINA ELALI

De Cláudio de Melo Silva – Olinda/PE

Rede Globo depois que sofreu perdas financeiras por parte do governo federal parece que ficou um pouco desnorteada. Além de demitir bons profissionais, vive trocando de supetão a sua programação sem aviso prévio. No sábado passado, dia 11 de maio, eu li o Jornal do Commercio e na programação das emissoras, como também nas matérias que versam sobre apresentações de cantores na TV não constava que a Rede Globo Nordeste iria mostrar o especial da Marina Elali que foi levado ao ar depois do Jornal HOJE, ou seja, às 14 horas. Se eu não estivesse assistindo a esse jornal teria perdido o maravilhoso show dela cantando as músicas doRoberto Carlos, acompanhada pelo maestro dele, Eduardo Lages. Será que estavam relutando em levar ao ar esse especial musical porque oEduardo Lages é bolsonarista?

Falando nesse competente maestro, nunca o vi mais “solto” o qual, além de ser o apresentador da protagonista do evento, até ensaiou alguns passos de uma coreografia pessoal para duas das músicas do repertório do show e emitiu alguns risos de felicidade ao estar ao lado dessa musa. Já a Marina Elalideu um show de interpretação e uma roupagem nova às músicas do Rei da música romântica, que foi gravado num teatro em Recife-PE. Ela aproveitou para anunciar que está esperando o seu primeiro filho. Agora, se esse especial fosse de um desses cantores de qualidade duvidosa, viraria matéria de quase meia página nos jornais, enviada por essa emissora, haja vista ter virado moda à idolatria ao mau gosto musical pela nova geração de fãs menos exigente que não sabe distinguir o que é música ruim e música boa. Eu li este depoimento no Facebook feito com muita propriedade: “Quanto mais ouço músicas novas, mas gosto das músicas antigas”.

Mas, voltando à Marina Elali, em menos de dez anos de carreira, ela acumula vários prêmios e 18 grandes duetos nacionais e internacionais. Cantora, modelo e atriz, de descendência árabe e pernambucana, neta de Zé Dantas, compositor e parceiro de Luiz Gonzaga, a sua interpretação ímpar para todos os estilos musicais, deixa maravilhadas as pessoas que assistem aos seus shows, como um que ela promoveu também no Recife para exaltar as músicas do seu avô e gravar o seu DVD com músicas do autêntico forró. Confira uma delas, clicando no link abaixo. Em homenagem ao seu avô, Zé Dantas, e ao sentimento nobre dos apaixonados de antigamente que externavam o seu amor também através de cartas de papel para a pessoa amada, escolhi a música “A letra i”. Bom final de semana fazendo uma viagem aos “anos dourados”!

NOTA: 

Este assunto também está sendo veiculado no Jornal do Commercio desta sexta feira, 17/05, na coluna “Voz do Leitor”, sob o título: “TELEVISÃO e na íntegra no blog do jornalista e poeta Robson Sampaio em duas edições, às 09h30 e às 18 horas.

https://www.youtube.com/watch?v=QmtqywYAqLw

  

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Current ye@r *