Servidor laureado em faculdade é exemplo de entrega ao serviço público

Funcionário virou sinônimo de determinação na Sefad A Secretaria da Fazenda e da Administração de qualquer cidade trata de números, tabelas, gráficos, índices, cálculos e metas. Trabalho complexo feito na essência por pessoas, que usam a mente, o esforço, a concentração e a precisão diariamente para fazer com que toda a Prefeitura de Olinda atenda cada vez melhor a população. Servidores como João Carlos Albuquerque, há seis anos efetivo, que concluiu recentemente mais uma graduação, laureado no curso de Ciências Contábeis.

É a história dele, de compromisso com a qualificação constante, a partir de uma bolsa integral oferecida pela Secretaria, tema desta matéria. Entrar na sala em que ele trabalha é encontrar vários servidores em meio a computadores, papéis, pastas. João se sobressai, primeiro pela altura, tem 1,86. Os cabelos brancos reforçam a experiência, mas a fala articulada e o olhar trazem a instigação pelo desafio que a renovação constante proporciona. Com a primeira graduação na área de estatística e especialização em sistemas, João, desde que entrou na Prefeitura, sempre atuou na mesma secretaria, tendo começado no Departamento Pessoal. Pela dedicação foi se destacando e mostrou potencial para perpassar por outros setores na administração pública.

Em 2014, por um sorteio realizado para os servidores da pasta, recebeu uma bolsa integral para cursar Contabilidade na Faculdade de Olinda (Focca). “Eu queria muito o prêmio, uma amiga ganhou, mas ela não ia conseguir cursar, aí acabei sendo contemplado”, recorda. Acumulou por quatro anos uma extensa jornada, que além do trabalho, passou a incluir a vida acadêmica. Não estava só, a torcida era grande. Tudo apoiado pela esposa, casado há 28 anos, e pelos três filhos. Além de companheiros da Secretaria.

A secretária da Fazenda e da Administração, Maria do Carmo Batista, explica que o empenho de João mereceu o destaque concedido pela Focca. “Esse tipo de incentivo para os servidores, com cursos para capacitação profissional, segue sendo oferecido. É um entendimento nosso de que todos saem ganhando. O servidor, o trabalho que ele realiza e, com isso, toda população olindense”, explicou Maria, acompanhada pelo secretário executivo da Fazenda, Luciano Brasileiro. 

Comunicação Olinda

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Current ye@r *