Shopping Patteo Olinda comemora o Dia Nacional do Frevo

A programação terá aulas gratuitas com o grupo Brincantes das Ladeiras e cortejo com a OrquestraParanampuká

 

Em comemoração ao Dia Nacional do Frevo, nesta sexta-feira (14) o Shopping Patteo Olinda contará com uma programação especial, em parceria com o grupo de passistas Brincantes das Ladeiras. Os clientes – adultos e crianças – poderão participar de aulas gratuitas do ritmo que é Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade e conferir a apresentação da Orquestra Paranampuká regida pelo maestro Rinaldo Dias, que promete transformar o mall em uma verdadeira prévia carnavalesca.

 

A primeira aula gratuita com o grupo Brincantes das Ladeiras acontece às 17h e será voltada para o público infantil. Ministrada pelo mestre Wilson Aguiar, a oficina, realizada no piso L1, contará com um aquecimento com jogos lúdicos, bambolês, corda, sombrinhas, musicalidade e o ensino dos principais passos do frevo. Já às 18h será a vez dos adultos aprenderem como se dança o ritmo que é símbolo do Carnaval pernambucano e seus passos mais famosos, como a Tesoura, a Dobradiça, a Locomotiva, o Ferrolho e o Parafuso.

 

A culminância do Dia Nacional do Frevo no Shopping Patteo Olinda acontece às 19h, com participação da Orquestra Paranampuká e um recital do Cordel “A primeira vez de Genésio no Carnaval de Olinda”, de autoria de Honório Cabrabom e declamado pelo mestre Wilson. Em seguida, o grupo Brincantes das Ladeiras e orquestra sai em cortejo pelo mall, ao som de muito frevo canção, até a varanda panorâmica, onde será feito o encerramento das comemorações.

 

Toda a programação será gratuita e aberta ao público. O Shopping Patteo Olinda fica na Rua Carmelita Muniz de Araújo, S/N, em Casa Caiada.

 

Brincantes das Ladeiras – O grupo de passistas atua desde 2009 com a proposta de divulgar o frevo e sua dança nas ladeiras de Olinda, cidade que é símbolo do Carnaval pernambucano, em todos os meses do ano. Os integrantes sentiram a necessidade de estimular e divulgar o passo executado nas ruas e com isso se propuseram a fazer encontros todos os sábados, na Praça Laura Nigro, na Ribeira, abertos ao público. O projeto tem como coordenadores o mestre Wilson Aguiar e Francis de Souza, além dos instrutores Cláudio Wanderlei, Mainee Ingridi, Bela Guilherme, Maria Flor, Claudio Wanderley, Francisco de Lira, Duardo e Ferreirinha.

 

Voz Comunicação

 

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Current ye@r *