waldemar-borges-ressalta-produtividade-da-comissao-de-justica-em-2020

Waldemar Borges ressalta produtividade da Comissão de Justiça em 2020

waldemar-borges-ressalta-produtividade-da-comissao-de-justica-em-2020

julho 1, 2020
Blog Edmar Lyra, Pernambuco Notícias

AVALIAÇÃO – Deputado disse que produção deste primeiro semestre foi ainda maior que a verificada em relação ao mesmo período de 2019. Foto: Reprodução/Nando Chiappetta

Presidente da {com: 16004(Comissão de Justiça)} da Alepe, o deputado {dep: 14854(Waldemar Borges)} (PSB) fez um pronunciamento, durante a Reunião Plenária desta terça (30), para destacar a atuação do colegiado no primeiro semestre de 2020. Na avaliação do parlamentar, apesar das dificuldades decorrentes do isolamento social imposto pela pandemia do novo coronavírus, o grupo foi produtivo e ágil em votações essenciais para o enfrentamento desse momento singular.

“Graças à celeridade deste Poder em se adaptar aos novos tempos, instituindo a deliberação remota e modificando o Regimento Interno para a criação de ritos sumários de votações com vinculação direta à pandemia, pudemos chegar ao fim do semestre com uma produção ainda maior que a verificada no primeiro semestre de 2019”, afirmou Borges.

Segundo o deputado, nos seis primeiros meses deste ano, o colegiado distribuiu 579 projetos de lei para relatoria e analisou 380 matérias, aprovando 375. No mesmo período de 2019, foram 121 proposições acatadas. Ele deu ênfase à promoção de debates com a sociedade civil, ainda que virtuais, sobre matérias de interesse do Estado, a exemplo da discussão de mudanças na lei estadual relativa ao cancelamento de viagens, serviços e eventos turísticos em razão da Covid-19.

“A pandemia ajudou no amadurecimento de todas as forças políticas e num melhor relacionamento entre os Poderes, porque todos nos unimos, aqui em Pernambuco, no combate a algo maior. Lamentável que isso não foi observado em nível nacional, onde o presidente tratou de tensionar e desagregar”, concluiu, registrando agradecimentos aos integrantes e à equipe técnica da Comissão de Justiça.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *