PASSEATA DO PT ESTAVA PERMITIDA?

Sr. Redator,As justificativas do Governador de Pernambuco para um novo decreto de Convivência Social: ……………………………”Os índices de mortes e contaminação motivaram a adoção de medidas ainda mais restritivas nos 53 municípios do agreste (4ª e 5ª Geres) e outros 12 municípios da Zona da Mata. De acordo com o novo decreto (nº50.752/2021), de 26 de maio a 6 de junho está proibido o funcionamento de estabelecimentos e atividades econômicas e sociais de forma presencial”…………………………………………………………………………………..

“Praias e calçadões
Segundo o decreto, praias marítimas e fluviais, inclusive os calçadões, não poderão funcionar nos sábados, domingos e feriados, no Grande Recife e Zona da Mata. No Agreste, a restrição ocorre durante todos os dias”.INDAGAÇÕES:
Essas e outras restrições motivaram o novo decreto estabelecido por Paulo Câmara para o período de 26/05/21 a 06/06/21. 1)Se até ida à praia estava proibido, como estava permitido uma manifestação de centenas de pessoas no dia 29/05/21? 2)Qual motivo as mais altas autoridades do Estado do nível de Secretários de Segurança, de Justiça e Direitos Humanos e Saúde Sr. ANDRÉ LONGO, (que vive mandando tudo mundo ficar em casa) Comando da Polícia Militar, Diretor da Polícia Civil e o convidado do Ministério Público, Promotor Westei Conde Y Martin Junior (que fez apenas, recomendação sobre violência) não DESMONTARAM a manifestação? Ao contrário, estavam PLANEJANDO a EXECUÇÃO?3) Porque o Governador não mandou dispersar a multidão JÁ na Praça do Derby, bem juntinho do QG da PMPE E BTL DE CHOQUE?4) Se o Governador não sabia da manifestação e a Vice-Governadora Luciana, tinha conhecimento, porque não respeitou o decreto do governo?5) Se podia haver a enorme aglomeração no centro da cidade, porque os Shoppings tinham que permanecer FECHADOS?Me parece que esse atual governo é uma GRANDE ZONA OU UMA BRUTAL DITADURA DE INTERESSES!Roberto Cortezrscortez47@yahoo.com.br

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *